Política

Deputado quer horaria para jovens que se destacam nas áreas de educação, esporte e cultura

Na defesa de seu Projeto de Resolução, o deputado republicano caracteriza a importância da honraria como meio de condecorar os jovens - foto: divulgação

Na defesa de seu Projeto de Resolução, o deputado republicano caracteriza a importância da honraria como meio de condecorar os jovens – foto: divulgação

A Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), por meio de suas comissões técnicas, analisa o Projeto de Resolução Legislativa de autoria do deputado estadual Carlos Alberto (PRB-AM) que prevê a criação da medalha ‘Jovem Destaque Amazonense – Ajuricaba Mascarenhas’, em reconhecimento a naturais ou residentes locais por êxitos alcançados em diversas áreas, como educação, ciência e tecnologia, esporte e lazer, cultura e artes, responsabilidade social, política ou religião.

“A medalha será acompanhada de um diploma a ser concedida anualmente, em sessão especial, aos jovens, entre 12 e 29 anos, com feitos relevantes e serviços prestados à sociedade”, argumenta o parlamentar.

Na defesa de seu Projeto de Resolução, o deputado republicano caracteriza a importância da honraria como meio de condecorar os jovens que se evidenciam em áreas de relevância e, que, merecem o reconhecimento do poder público.

“O Amazonas é um celeiro de jovens que se destacam dentro e fora do Estado por algum feito ou representatividade, razão porque se mostra relevante a presente proposta, que valoriza e motiva nossa juventude pelo protagonismo na sociedade”, defende Carlos Alberto.

O nome da condecoração é uma homenagem ao mestre Ajuricaba Mascarenhas (faixa preta de Jiu-Jitsu), destaque mundial no desporto amazonense. Falecido em 2015, Mascarenhas desenvolveu um trabalho social de resgate a jovens moradores da periferia por meio do esporte, notadamente nas artes marciais.

“O mestre Mascarenhas é uma referência do esporte amazonense e nada mais justo de que premiar os nossos jovens com uma medalha que faz, justa e merecida, homenagem ao ícone do desporto estadual”, justifica o deputado.

 

Com informação da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir