Política

Deputado propõe criação de Frente Parlamentar de combate à corrupção, na ALE

José Ricardo (PT) pretender criar Frente Parlamentar de Combate à Corrupção - foto: divulgação/Aleam

José Ricardo (PT) pretender criar Frente Parlamentar de Combate à Corrupção – foto: divulgação/Aleam

Pelo menos 18 parlamentares da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) já assinaram um documento elaborado pelo deputado estadual José Ricardo (PT) que cria a Frente Parlamentar de Combate à Corrupção para atuar como articuladora entre os que tiverem o interesse e a iniciativa de fiscalizar o uso de verba pública, bem como cobrar dos órgãos que são responsáveis pela aplicação do dinheiro público a cumprirem as questões referentes à transparência.

Para o idealizador da frente parlamentar, esse será um instrumento que poderá facilitar aos deputados, quando sentirem a necessidade de provocar os órgãos fiscalizadores de serviços públicos, quanto aos resultados de suas atribuições, além de representar uma prévia daquilo que pode caminhar para se tornar parte da criação de leis a nível estadual, semelhantes à lei anticorrupção do governo federal. “A frente parlamentar que estamos propondo deve trabalhar na linha de cobrar que os mecanismos de transparência possam ser implantados onde precisar, e com isso possibilitar que a população tenha mais acesso às informações”, disse.

O petista afirmou também que os trabalhos da frente proposta vão muito além. “Com esse trabalho poderemos, ainda, fiscalizar a forma como estão ocorrendo licitações; nos auxiliar na cobrança da prestação de contas; de como os recursos estão sendo aplicados, por exemplo”, ressaltou o parlamentar.

O presidente da casa, Josué Neto (PSD), assinou o pedido. E mais: os tucanos Bi Garcia e Bosco Saraiva; os republicanos Cabo Maciel e Sabá Reis; David Almeida (PSD) e seu colega de sigla, Dr. Gomes; os peemedebistas Belarmino Lins e Vicente Lopes e o progressista Adjuto Afonso; Carlos Alberto (PRB), Dermilson Chagas (PDT), Platiny Soares (PV), Orlando Cidade (PTN), Serafim Correa (PSB), Augusto Ferraz (Dem), Luiz Castro (PPS) e Alessandra Campelo (PC do B).

 

Por Helton de Lima Equipe EM TEMPO

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir