Sem categoria

Denarc apreende quase 300 quilos de maconha tipo skunk, em comunidade no Iranduba

O material está avaliado em R$ 2,5 mil - foto: : Arthur Castro

O material está avaliado em R$ 2,5 mil – foto: : Arthur Castro

Aproximadamente 300 quilos de maconha do tipo skunk, distribuídos em 470 pacotes plásticos, foram apreendidos pelo Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Dernac), por volta das 16h, desta sexta-feira (26).

A apreensão do material ocorreu após denuncias anônimas dando conta que em uma casa de palafita, na comunidade Nossa Senhora Aparecida, no município de Iranduba (distante 27 quilômetros de Manaus), estava sendo utilizada para guardar a droga. Ninguém foi preso.

Segundo o delegado titular do Denarc, Thyago Tenório, o material está avaliado em R$ 2,5 mil, e pertence a um traficante colombiano, que está sendo investigado e que tem ligação com a facção criminosa Família do Norte (FDN). De acordo com ele, essa é a segunda maior apreensão de drogas realizada pela especializada.

“Passamos duas semanas trabalhando no caso e conseguimos aprender o material. Já sabemos que o dono da droga é um colombiano, inclusive algumas partes da embalagem da droga estão caracterizadas com a bandeira da Colômbia”, disse.

O delgado disse, ainda, que o possível guardador do entorpecente, identificado apenas como ‘Pescoço’, conseguiu fugir do local, antes da chegada da polícia.

As investigações continuam para tentar chegar aos integrantes do bando. “A equipe do Denarc está na rua dando continuidade as investigações”, destacou.

Por Michele Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir