Dia a dia

Demolição de prédio do Baratão da Carne em Manaus gera dúvidas sobre segurança e repercute na internet

implosao-baratao-reprod

A via não estava sinalizada e o tráfego de carros não foi impedido no local da implosão – foto: reprodução/Internet

Um vídeo compartilhado no Facebook ganhou grande repercussão em Manaus desde a tarde desta última terça-feira (18). As imagens mostram o momento da demolição (ato de se destruir de forma deliberada alguma construção a fim de dar outro destino ao espaço antes ocupado por ela) de uma construção pertencente à empresa Baratão da Carne, situada na avenida Mário Ypiranga, Zona Centro-sul de Manaus.

O vídeo, de 47 segundos, não mostra quaisquer tipos de sinalização em via pública, como cones para desvio de veículos ou a presença de agentes de trânsito. Nas imagens, é possível notar apenas a presença de um funcionário da empresa, supostamente a responsável pela demolição, orientando os condutores com indicações gestuais.

Mesmo assim, segundo o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), responsável pela autorização desse tipo de trabalho, durante a execução dos serviços, a empresa fez a interdição de duas faixas de tráfego contíguas ao terreno e manteve, além do engenheiro civil responsável, um outro engenheiro de segurança no local.

No entanto, nas imagens compartilhadas, o que se nota no momento da destruição é a passagem de veículos, contrariando os princípios de segurança exigidos para que a ação seja realizada, visto que, caso o procedimento não obtivesse êxito, causaria efeitos secundários indesejados, tais como riscos à vida e ao patrimônio, uma vez que o prédio estava inserido em um contexto urbano.

Confira o vídeo:

Em nota, o Implurb também informou que não se tratava de uma implosão e sim de uma demolição controlada de um prédio de 2 pavimentos, em aço e concreto. “Na engenharia, o tipo de demolição realizado foi de colapso controlado de estrutura, onde os pilares são solapados do lado que se deseja que a estrutura caia”.

Portal EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir