Política

Decisão do Tjam reconduz prefeito Iran Lima ao cargo

Prefeito reassumiu o cargo ontem pela manhã, após conseguir liminar no Tjam. Ele tinha sido afastado liminarmente da prefeitura por 180 dias- foto: arquivo EM TEMPO

Prefeito reassumiu o cargo ontem pela manhã, após conseguir liminar no Tjam. Ele tinha sido afastado liminarmente da prefeitura por 180 dias- foto: arquivo EM TEMPO

O presidente da Associação Amazonense dos Municípios (AAM) e prefeito de Boca do Acre, Iran Lima (PSD), retornou ontem ao cargo após ter sido afastado, liminarmente, pelo juiz Jefferson Galvão Melo por 180 dias. A decisão é do desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), Cláudio Roessing.

O desembargador entendeu não ser necessário o afastamento do prefeito durante as investigações. Iran Lima responde a uma ação civil pública por improbidade administrativa movida pelo Ministério Público do Estado (MPE), acusado por servidores públicos das secretarias de Saúde e Meio Ambiente de não pagar o 13º salário e as férias do funcionalismo dos anos de 2013 e 2014. Além de ter sido afastado, o prefeito foi proibido de chegar a menos de 100 metros dos órgãos municipais em Boca do Acre.

Iran Lima informou, via assessoria de comunicação da AAM, que a folha de pagamento do funcionalismo público de Boca do Acre está em dias e que o pagamento do 13º salário será efetuado nos próximos dias. “Pagaremos nos próximos dias o 13º salário de todos os funcionários da prefeitura”, informou o prefeito.

Segundo a AAM, Iran estava em Manaus e retornou ontem à tarde para o município, para reassumir o Executivo municipal. “Já esperávamos essa decisão. Com isso, poderemos dar continuidade ao trabalho desempenhando à frente da prefeitura e à Associação Amazonense dos Municípios. Em 2016, iremos fortalecer ainda mais a AAM, dar mais celeridade aos projetos desenvolvidos nos municípios e ainda mais apoio aos prefeitos, para que juntos consigamos superar esse momento instável no país”, disse.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir