Esportes

Debaixo de vaias, Alemanha empata com o México no futebol masculino

Foi debaixo de vaias que a seleção olímpica da Alemanha empatou em 2 a 2 com o México na estreia do futebol masculino nesta quinta-feira (4) em Salvador.


Em uma Fonte Nova esvaziada e com poucos turistas, os atuais campeões olímpicos ganharam a torcida dos brasileiros, que apoiavam cada ataque do México contra os algozes do Brasil na Copa do Mundo de 2014.

O jogo foi equilibrado, e os gols saíram apenas no segundo tempo. Pizarro e Oribe Peralta marcaram para México. Gnabry e Ginter fizeram os gols da Alemanha.

Os mexicanos mostraram um futebol ofensivo no primeiro tempo, com mais chances de gol. Já os alemães optaram por trocar passes e manter a posse de bola durante a maior parte do jogo. E tiveram boas chances de gol desperdiçadas, sobretudo no segundo tempo.

O México abriu o placar aos 7 min do segundo tempo. Após escanteio, centroavante Oribe Peralta marcou de cabeça.
A resposta alemã foi rápida. Aos 13 min, após lançamento em profundidade de Süle, o atacante Gnabry chutou forte no canto esquerdo sem chance para o goleiro mexicano.
Três minutos depois, o México desempatou após Pizarro aproveitar um rebote de Bueno, que mandou a bola no travessão após uma cabeçada de peixinho.

A Alemanha só empatou novamente aos 33 minutos, quando o zagueiro Ginter marcou de cabeça.

CLIMA DE BA-VI

Nas arquibancadas, camisas do Bahia e do Vitória predominaram entre os torcedores, que trocavam gozações entre si. Famílias aproveitaram o clima tranquilo e eram a maioria nas arquibancadas da Fonte Nova.

Parte dos torcedores do Bahia apoiaram os alemães. Em 2014, os jogadores da seleção principal Neuer e Schweinsteiger vestiram a camisa do tricolor baiano e cantaram o hino do time durante os treinamentos em Santa Cruz Cabrália, sul da Bahia.

“É claro que a gente sente a derrota do Brasil na Copa. Mas neste jogo torço pelos alemães pelo carinho que eles tiveram com o Bahia”, diz o advogado João Lopes, 29.

Torcedores mexicanos foram tietados pelos baianos, que tiravam selfies usando sombreros e com a bandeira da atual campeã olímpica.

Até mesmo o juiz Sérgio Moro foi lembrado por torcedores, que foram ao estádio com camisas de apoio a Operação Lava Jato. “Viemos trazer para o resto do mundo a nossa mensagem de combate à corrupção”, disse o médico Antônio Motta, 38.

O México volta o campo no próximo domingo (7), às 13h, contra a seleção de Fiji na Arena Fonte Nova. A Alemanha encara a Coreia do Sul às 16h, também em Salvador.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir