País

De jaleco, alunos de medicina abaixam calças e fazem gesto de órgão feminino

“Já estão desrespeitando a ética profissional” dizem internautas – Divulgação

Sete estudantes do curso de medicina da UVV (Universidade Vila Velha) criaram polêmica ao postar uma foto na redes sociais vestindo jaleco branco, com as calças abaixadas e fazendo um gesto com as mãos que remete ao órgão sexual feminino.

O CRM (Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo) informou que se reuniu com a coordenação do curso de medicina da universidade e “confirmou a autenticidade dos fatos”. Como os envolvidos ainda são estudantes, o conselho não pode aplicar uma punição.

Segundo o conselho, ficou definido que a instituição de ensino vai aplicar a punição e marcar um reunião com os sete alunos para que o CRM-ES esclareça “sobre sobre a seriedade do caso e o flagrante desrespeito à ética profissional”.

A universidade declarou que repudia todas as formas de ofensa, desrespeito e exposição indevida de uma profissão. Segundo a instituição, os alunos serão ouvidos e alertados sobre a gravidade da publicação. Também será aberto um processo de sindicância para apurar o caso.

Em nota, a instituição disse que “os atos dos alunos foram iniciativas pessoais e em completo desacordo com orientações que recebem dos professores e coordenadores da instituição ao longo da sua formação acadêmica.”

Internautas reproduziram as imagens nas redes sociais criticando a atitude dos estudantes. Muitos escreveram que eles “já estão desrespeitando a ética profissional” antes de se formarem.

Folhapress

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top