Esportes

‘Dá muita raiva tomar um gol desses’, diz lateral santista após empate

LateraL

O gol santista saiu aos 13 minutos do segundo tempo – foto: reprodução

O lateral direito Victor Ferraz, do Santos, lamentou muito o gol sofrido aos 37 minutos do segundo tempo, em cabeçada de Alan Kardec, que decretou o empate de 1 a 1 do São Paulo no clássico neste domingo (27), na Vila Belmiro.

“Dá muita raiva tomar um gol desses, a gente treinou bastante e sabia da característica do Kardec, que jogou aqui. Ele é muito alto, o escanteio [cobrado por Lucas Fernandes] foi forte e não deu tempo de reagir, mérito deles. No mata-mata não podemos tomar gol dessa forma”, reclamou Victor Ferraz.

Após passe de Léo Cittadini, o camaronês Joel girou sobre a marcação de Maicon e, de esquerda, acertou um belo chute que estufou a rede do goleiro Denis.

O clássico foi marcado pela ausência de vários jogadores.

O São Paulo não teve o meia Paulo Henrique Ganso, cumprindo suspensão, Michel Bastos, que se recupera de lesão, Lyanco, convocado para a seleção da Sérvia sub-19, Rodrigo Caio (seleção brasileira olímpica), Mena (seleção chilena), além de Wesley, Wilder, Rogério, Renan Ribeiro e Breno, lesionados.

Já o Santos teve o desfalque de cinco titulares: Lucas Lima, Gabriel e Ricardo Oliveira, na seleção brasileira, e Thiago Maia e Zeca, na seleção olímpica.

“Esses jogadores fariam falta para qualquer equipe, mas temos que exaltar os que entraram e se doaram. Se havia dúvida que o Santos tem elenco forte, isso acabou. Paulinho, Vitor Bueno, Léo Cittadini entraram bem substituindo jogadores de seleção brasileira”, analisou Victor Ferraz.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir