Especiais Impresso

Cura que vem da natureza

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Nas farmácias naturais os paus e ervas da Amazônia ganham forma de acordo com sua melhor aplicabilidade e podem ser utilizadas de diversas formas. Dentre as quais estão:

cataplasmas (preparação de uma espécie de pomada para uso externo, de uso tópico);
decocção (fervura para dissolução das substâncias através de ação prolongada da água ou calor);
inalação (combinação de vapor d’água com substâncias voláteis das plantas aromáticas);
infusão (modo tradicional de preparação dos chás);
maceração (a substância vegetal fica em contato com álcool, óleo, água ou outro líquido para dissolver o princípio ativo);
sumos ou sucos (espremidos em pano, triturados em liquidificador ou pilão, podendo ser adicionada água ou não);
vinhos medicinais (preparações para dissolver as substâncias vegetais em vinho puro);
poções (soluções onde são agregados xaropes, tinturas, extratos ou outros ingredientes);
torrefação (utilizando-se o fogo para retirar a água e modificar algumas propriedades da planta);
ungüento e pomadas  (preparado através da mistura do suco, tintura ou chá da planta medicinal com vaselina ou lanolina).
xarope (preparações dissolvendo-se a substância da planta em açúcar e água aquecidos, obtendo-se o ponto de fio).

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

PAUS-E-ERVAS18

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Abaixo estão relacionadas, em ordem alfabética, algumas plantas medicinais com seus nomes populares e suas indicações terapêuticas:

Arnica (erva lanceta ou rabo de rojão) – serve para pancadas, contusões;

Amêndoa do Açaizeiro – fornece um óleo verde-escuro bastante utilizado na medicina caseira, principalmente como anti-diarréico. O seu suco, de sabor exótico, possui grande valor nutritivo e contém altas concentrações de ferro, sendo bastante usado no combate à anemia;

Babosa – o sumo das folhas é usado como xampu anti-caspa, combate à queda de cabelos e para lavar feridas, úlceras, eczemas e hemorróidas;

Boldo – digestivo, antitóxico, combate a prisão de ventre e é usado também nas febres intermitentes;

Cabacinha – utilizada em infusão para o combate a sinusite. O chá é abortivo.

Carrapicho – o chá das folhas serve para combater diarreias e problemas renais;

Cidreira – o chá é calmante e faz bem ao estômago e combate a diarréia;

Casca de Açoita Cavalo – contém óleos essenciais que atuam frente as disenterias, hemorragias, artrite, reumatismo, tumores, colesterol e hipertensão;

Catuaba – tônico energético usado no tratamento de cansaço físico e sexual, insônia, nervosismo, falta de memória. Possui, ainda, propriedades anti-sifilíticas;

Casca de Barmitão – potente anti-hemorrágico, anti-inflamatório;

Casca de Murapuama, tônico neuro-muscular, afrodisíaco, utilizado contra fraquezas, gripes, impotência e reumatismo crônico;

Casca de Assacu – usado no combate às inflamações em geral, ulcerações, tumores;

Casca de Caroba – contém uma resina denominada “carobona”, além de seu princípio ativo, o alcalóide “carobina”. É diaforéticas (cascas) e anti Sifilíticas (folhas), debela feridas e elimina inflamações da garganta, afecções da pele, coriza, blenorragia, dores reumáticas e musculares, cálculos da bexiga;

Casca de Moruré – alivia as dores reumáticas, artríticas e da coluna verbal, estimulante do sistema nervoso e muscular;

Eucalipto – o chá combate a febre e a inalação serve para sinusite e broquite;

Erva-doce – tranqüilizante, antiespamódico, afrodisíaco e diurético;

Fava – a infusão das folhas usadas para banhos e emplastos é usada contra impetigo;

Goiaba – o chá dos brotos novos serve para combater a diarreia;

Graviola – o chá das folhas é usado contra o diabetes;

Hortelã – é antiespamódica, atua contra vômitos, combate enxaquecas;

Ipecacunha – o chá da raiz combate anginas, úlceras e sífilis. O lambedor é usado contra a gripe;

Jabuticaba – gargarejo com a casca do fruto cozido serve para afecções da garganta;

Jurubeba – desintoxicante e combate os males do fígado;

Louro – o chá das folhas é usado contra reumatismo e nevralgias;

Manjericão – o chá com leite é sedativo da tosse;

maracujá – tanto as folhas como o fruto são calmantes;

Mastruço – expectorante, antiinflamatório e o chá serve para cólicas;

Mulungu – o chá é indicado para bronquite, asma, febre e problemas hepáticos, e o banho com a infusão da casca é calmante e combate a insônia;

Óleo de copaíba – utilizado por suas propriedades medicinais, no combate aos catarros vesicais e pulmonares, desinterias, bronquites.

Óleo de andiroba – potente cicatrizante, anti-inflamatório. É usado para bursites e nevralgias, funcionando também como repelente de insetos;

Pau-brasil –  a infusão das folhas é indicada para o combate ao diabetes;

Pitanga – o chá das folhas é antitérmico;

Pó de guaraná – usado como tônico estomáquico, estimulante, contra distúrbios gastro-intestinais, diarréias. Ativa as funções cerebrais e combate a arteriosclerose, as nevralgias e as enxaquecas, detém as hemorragias atua como calmante para o coração;

Quebra-pedras – o chá é antitóxico e diurético, sendo indicado para a diluição de cálculos renais;

Romã – a infusão da casca do fruto á antitóxica e digestiva, tendo também ação atiespamódica;

Semente de Sucupira – energético, anti-sifilítico, contém alcalóides empregados no tratamento de febres, reumatismo, artrite, inflamações, dermatoses;

Saracura-mirá – energético, usado no tratamento de cansaço físico, sexual, insônia, nervosismo, falta de memória;

Semente de Cumaru – propriedades medicinais que atuam reconstituindo as forças orgânicas debilitadas, como tônico cardíaco;

Unha-de-vaca – indicada para combater o diabetes;

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno

Foto: Ione Moreno


Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir