Política

Cunha faz sua própria defesa no plenário da Câmara

Eduardo Cunha faz sua defesa em Brasília - foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Eduardo Cunha faz sua defesa em Brasília – foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) já está apresentando sua defesa na sessão destinada a votar o processo de cassação do mandato do parlamentar por quebra de decoro, ao mentir em depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras.

Aparentando tranquilidade, Cunha não despertou muita atenção dos colegas e cumprimentou rapidamente o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), um de seus aliados.

Após as falas do relator do processo, Marcos Rogério, e de seu advogado Marcelo Nobre, Cunha defende-se diante dos colegas. Ao longo das últimas semanas, o deputado afastado disse a aliados que pretendia fazer sua defesa de improviso.

Alvo de representação que pede a cassação do seu mandato por ter mentido em depoimento na CPI da Petrobras sobre a existência de contas no exterior, Cunha perderá o mandato e os direitos políticos se pelo menos 257 deputados votarem favoravelmente ao relatório aprovado pelo Conselho de Ética.

Manifestação

Pouco antes da retomada da sessão que analisa o parecer que pede a cassação do mandato de Cunha, centenas de manifestantes chegaram ao gramado em frente à Câmara. Com bandeiras da Central Única dos Trabalhadores (CUT), eles pedem a cassação do mandato do ex-presidente da Casa.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir