Esportes

Cruzeiro vence a Ponte e joga o Inter de volta para a degola

Cruzeiro soma três pontos e respira no Campeonato Brasileiro 2016 - foto: Yuri Edmundo/Cruzeiro

Cruzeiro soma três pontos e respira no Campeonato Brasileiro 2016 – foto: Yuri Edmundo/Cruzeiro

A vitória do Inter sobre o Coritiba no meio de semana fez com que o Cruzeiro voltasse a frequentar a zona de rebaixamento. Por isso, a necessidade de uma vitória tornou-se ainda mais urgente para a equipe celeste nesta noite de sábado contra a Ponte Preta, no Mineirão. E ela veio.

Em um jogo equilibrado, mas com o time da casa superior durante praticamente os 90 minutos, a equipe de Mano superou a ponte por 2 a 0 e pegou um elevador na tabela (agora é o 12º colocado com 36 pontos), subindo cinco posições. Os gols da partida foram marcados por Ábila e Robinho, cada um em um tempo.

Apesar da vantagem mínima no marcador até os 35 minutos do segundo tempo, o Cruzeiro pouco sofreu com a Ponte Preta. A equipe fez uma partida equilibrada em alguns momentos do jogo, mas apresentou uma postura segura defensivamente.

Edimar e Ezequiel seguraram bem os atacantes da Ponte que buscavam escapar em velocidade. Na frente, o quarteto ofensivo fez seu trabalho e garantiu a vitória. Primeiro com Ábila, no início do jogo, depois com Robinho, já nos dez minutos finais do duelo.

Com a derrota, a Ponte perdeu a chance de encostar no G6 e permanece estacionada no décimo lugar, com 39 pontos. Neste domingo, ainda haverá o complemento dos jogos, mas as posições das equipes já estão definidas nessa 29ª rodada.

Cruzeiro
Rafael; Ezequiel, Leo, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Lucas Romero, Robinho e Rafinha (Alisson); Rafael Sóbis (Elber) e Ramón Ábila (Willian). T.: Mano Menezes.

Ponte Preta
Aranha; Nino Paraíba, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Reinaldo; Elton, Wendel (Matheus Jesus) e Maycon (Thiago Galhardo); Felipe Azevedo (Zé Robert), Pottker e Roger. T.: Eduardo Baptista.

Gols: Ábila, aos 11min do 1º tempo; Robinho, aos 35min do 2º tempo
Cartões amarelos: Rafael Sóbis e Edimar (C); Elton e Thiago Galhardo (P)
Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir