Esportes

Cruzeiro empata no fim e segue sem ganhar do América-MG em 2016

Com o resultado, ambos chegam a dois pontos e permanecem na zona de rebaixamento - foto: divulgação

Com o resultado, ambos chegam a dois pontos e permanecem na zona de rebaixamento – foto: divulgação

O Cruzeiro segue sem vencer o América-MG. As equipes de Belo Horizonte se enfrentaram, na tarde deste sábado (28), no Mineirão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, e não saíram do empate. A igualdade por 1 a 1 contou com gols de Victor Rangel, pelo visitante, e Giorgian De Arrascaeta, pelo mandante.

Com o resultado, ambos chegam a dois pontos e permanecem na zona de rebaixamento. Só Sport e Atlético-PR estão atrás das equipes de Minas na tabela de classificação do principal torneio nacional.

O atacante Victor Rangel voltou a fazer a diferença em prol do América-MG em um clássico de Belo Horizonte. Como fez diante do Atlético, na decisão do Campeonato Mineiro, o centroavante balançou a rede no primeiro lance de gol no compromisso. O atleta disputou a sua 17ª partida no ano e marcou cinco gols.

O uruguaio Arrascaeta elevou a produção ofensiva do Cruzeiro e não para de fazer gols. Na terceira rodada, ele foi o responsável pela única bola na rede da equipe de Belo Horizonte na derrota por 4 a 1 para o Santa Cruz. Neste sábado, ele foi o responsável por empatar o jogo para a equipe comandada por Paulo Bento. O gol saiu após boa jogada de Robinho.

O treinador Paulo Bento armou a escalação de uma forma parecida com a de Mano Menezes, com três volantes –Bruno Ramires, Henrique e Ariel Cabral– e três homes de frente, com Arrascaeta, Willian e Elber. O problema é que, no banco de reservas, ele tinha opções melhores para os dois setores. Robinho poderia entrar no meio de campo e Riascos era a melhor escolha para o setor ofensivo. Na defesa também houve um erro. Federico Gino entrou na lateral direita, mas Lucas poderia atuar como titular.

O Cruzeiro enfrentou o América-MG em quatro oportunidades na atual temporada. O time da Toca da Raposa II não conseguiu nem uma vitória sequer sobre o rival de Belo Horizonte. Durante o Campeonato Mineiro, foram três confrontos – uma derrota e dois empates. O resultado da quarta rodada do Brasileiro mantém o retrospecto americano sobre o rival.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir