Política

Crise atinge o segmento de catadores de resíduos recicláveis, aponta Bi Garcia

O deputado estadual Bi Garcia (PSDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta quinta-feira (9), para relatar os problemas enfrentados pelas associações de catadores de lixo de Manaus, em decorrência da crise econômica que atinge o país.

Segundo o parlamentar, em reunião realizada pela Frente Parlamentar de Cooperativismo da Aleam, na tarde da última quarta-feira (8), os trabalhadores relataram queda significativa na venda de material reciclável para fábricas do Distrito Industrial. De 200 toneladas/mês, hoje apenas 50 toneladas são negociadas.

“Há de se entender que nesse momento de crise temos que buscar alternativas para aqueles que são aproximadamente 500 trabalhadores aqui em Manaus. E a gente para pra pensar que se em Manaus travou o mercado, parou as compras de lixo reciclado, imagina no interior do Amazonas”, observou.

De acordo com o parlamentar, ficou acertado durante a reunião que ele e o deputado estadual Luiz Castro (PPS), que preside a Frente Parlamentar, irão buscar apoio para esses trabalhadores junto às secretarias estadual e municipal de assistência social.

“Vamos buscar apoio financeiro ou mesmo cestas básicas por um período de três meses para que a gente possa observar essa crise que está no Brasil e que hoje atinge uma atividade tão pequena que é dos catadores de lixo. Portanto, teremos encontros hoje e amanhã (quinta e sexta-feira) no sentido de proteger aqueles dão uma pequena contribuição para a limpeza, humanização da cidade de Manaus e que desse trabalho tiram o sustento para sobreviver”, contou.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir