Dia a dia

Crianças e adolescentes terão campanha contra abuso infantojuvenil durante o Carnaval

A ação foi lançada na noite desta quarta-feira (3), na quadra da escola de samba Reino Unido da Liberdade - foto: divulgação

A ação foi lançada na noite desta quarta-feira (3), na quadra da escola de samba Reino Unido da Liberdade – foto: divulgação

Uma campanha para coibir o abuso sexual de crianças e adolescente será realizada durante o período de Carnaval. A ação será feita em uma parceria entre a Prefeitura de Manaus e o Governo do Amazonas e foi lançada na noite desta quarta-feira (3), na quadra da escola de samba Reino Unido da Liberdade.

O trabalho será feito por meio da abordagem de famílias que vão estar presentes nos desfiles das escolas de samba dos grupos de acesso e especial, que acontece nos próximos dias 5 e 6, além do Carnaboi, no dia 8, no Centro de Convenções (Sambódromo).

A secretária da Sejusc, Graça Prola destacou que é importante o envolvimento da sociedade nesse trabalho. “Nosso foco principal é a família, para que elas não permitam o ingresso, nem a permanência de seus filhos menores de 12 anos, acompanhados ou não de responsáveis, no sambódromo e em bailes de Carnaval. Queremos evitar problemas referentes à violação dos direitos das crianças e adolescentes. Vamos passar por cima de qualquer vulnerabilidade, trabalhando em conjunto com toda a rede de proteção social, para prevenir principalmente os crimes de exploração sexual”, disse ela.

O Fundo das Nações Unidas (Unicef) também fará parte da campanha e vem trabalhando com a juventude a questão de doenças sexualmente transmissíveis. “Estaremos orientando sobre a necessidade de prevenção e os perigos do vírus HIV para a população. Chegaremos ao público através do projeto ‘Viva Melhor Sabendo Jovem’, que tem uma linguagem dinâmica e é inclusive feito por jovens que passaram por orientações sexuais e estão prontos para fazer a abordagem”, disse o coordenador Unicef Amazonas, Unai Sacona.

Durante o lançamento da campanha, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Reino Unido da Liberdade apresentou o trabalho dedicado ao resgate social de crianças e adolescentes por meio da arte-educação e orientação para a cidadania. Elas fazem parte do Instituto Reino do Amanhã, que trabalha a interação social na comunidade.

Ao todo farão parte das ações a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) em parceria com a Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), Comitê Estadual de Enfrentamento ao Abuso de Crianças e Adolescentes, Polícia Militar, Secretarias de Estado de Assistência Social (SEAS), de Educação (SEDUC) e Saúde (Susam), Juizado da Infância e da Juventude, Prefeitura Municipal e Conselhos Tutelares.

Em casos de trabalho infantil e abuso sexual a população deve denunciar no Disque 100, Disque Direitos Humanos (0800 092 6644) e Disque Denúncia (0800 092 1407).

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir