Dia a dia

Criança com Síndrome de Down desaparece na Reserva Adolpho Ducke

Quando desapareceu, Josileno usava apenas um calção preto e estava descalço – Fotos: Divulgação

Policiais militares e cães do Canil da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), com apoio de 15 voluntários do Grupo Suçuarana – especializado em operações de buscas e salvamento em qualquer tipo de ambiente – estão mobilizados, neste domingo (16), para encontrar Josileno Feirreira de Freitas, de 10 anos, que desapareceu neste sábado (15), por volta das 15h, próximo à Reserva Florestal Adolpho Ducke, localizada no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus.

De acordo com o subcomandante do Canil da PM-AM, tenente Cordeiro, o menino é portador de Síndrome de Down. “A família nos informou o quadro de saúde dele e estamos estudando a situação para tentar desvendar os indícios de que ele realmente tenha entrado na mata da reserva. O que sabemos é que ele estava sentando na calçada, próximo a um campo de futebol, e depois desapareceu. Cinco PMs e dois cães, além de 15 voluntários, vão trabalhar nas buscas pelo garoto”, destacou.

Leia também: Cães auxiliam nas buscas por desaparecidos na Reserva Adolpho Ducke

Josileno é portador da Síndrome de Down e desapareceu no sábado (15) 

Segundo a irmã de Josileno, a dona de casa Leidiane Freitas, de 23 anos, o irmão estava sob os cuidados do pai quando desapareceu. “A gente mora bem perto da reserva e meu pai estava cuidado dele. Só que ele acabou dormindo e meu irmão saiu. Quando meu pai acordou, percebeu que o Josileno não estava mais em casa e acionou as outras pessoas da família e vizinhos para saber notícias. As imagens de uma câmera de segurança mostram ele sentado na caçada e depois subindo uma ladeira na rua Andorinha, que passa ao lado da reserva”, detalhou.

O lavador de carros e vizinho e Josileno, Paulo Sena, 28 de anos, contou que essa não é a primeira vez que a criança desaparece. “Ele já sumiu outra vez, mas não foi por muito tempo. Encontramos ele uma hora depois, embaixo de uma ponte no antigo balneário do Espelho D’água“, contou.

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM) informou, por meio da assessoria, que ainda não foi acionado para auxiliar nas buscas pelo desaparecido.

Leia também: Últimos desaparecidos da Adolpho Duque são encontrados

Quando desapareceu, Josileno usava apenas um calção preto e estava descalço. Quem tiver informações que possa levar ao paradeiro de Josileno pode entrar em contato com a família, por meio dos telefones: (92) 99487-2151 (Leidiane) e (92) 99502-5624 (Lídia).

Cinco policiais, dois cães e 15 voluntários realizam buscas pelo garoto

Desaparecidos na reserva

Cinco pessoas, entre 17 e 20 anos, desaparecerem, no dia 6 de abril deste ano, na Reserva Florestal Adolpho Ducke. Segundo o CBM-AM, três homens e duas mulheres entraram na área em direção a Prainha, mas não retornaram até esta manhã. As buscas pelo grupo tiveram início no dia 7, após familiares registrarem o desaparecimento.

Na ocasião, outras duas pessoas também desapareceram enquanto ajudavam nas buscas. As cinco pessoas desaparecidas foram encontradas no dia 9 de abril. No dia anterior, as outras duas pessoas conseguiram sair sozinhas da mata. Elas foram encontrados por moradores no Km 32, da rodovia AM 010, na Zona Leste.

No dia 14 de abril um idoso de 49 anos despareceu na mata após sofrer um ataque epilético. Ele estava junto com um amigo, que conseguiu sair e pedir socorro. O idoso foi resgatado no dia seguinte por uma equipe dos bombeiros.

Isac Sharlon
EM TEMPO

Leia mais:

Cinco crianças que estavam desaparecidas voltam para casa

Bombeiros continuam buscas por crianças desaparecidas em Nova Olinda

Acidente entre lanchas deixa mãe e filho desaparecidos na Manaus Moderna

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir