Cultura

Criador do Fofão, Orival Pessini morre aos 72 anos, em São Paulo

 Sucesso principalmente entre as crianças, o Fofão surgiu no programa ‘Balão Mágico’, da Globo, nos anos 1980 – fotos: reprodução


Sucesso principalmente entre as crianças, o Fofão surgiu no programa ‘Balão Mágico’, da Globo, nos anos 1980 – fotos: reprodução

O ator e humorista Orival Pessini morreu na madrugada desta sexta-feira (14), aos 72 anos, em São Paulo. Criador de personagens como Fofão, Sócrates e Patropi, ele lutava contra um câncer no baço e estava internado havia duas semanas no Hospital São Luiz.

O velório está previsto para ocorrer entre 16h e 18h desta sexta no Cemitério do Morumbi, em São Paulo.

Carreira
Com início de carreira no teatro, Pessini estreou na televisão no programa infantil ‘Quem Conta Um Conto’, na TV Tupi, em 1963. Na década de 70 interpretou os macacos Sócrates e Charles, do ‘Planeta dos Homens’, da Globo. Anos depois, no programa ‘Praça Brasil’, da Band, apresentou o personagem Patropi, que levaria mais tarde para os programas ‘Escolinha do Professor Raimundo’ (Globo), ‘A Praça é Nossa’ (SBT) e ‘Escolinha do Barulho (Record)’.
Sucesso principalmente entre as crianças, o Fofão surgiu no programa ‘Balão Mágico’, da Globo, nos anos 1980. Mais tarde, o boneco ganharia seu próprio programa na Band, o TV Fofão, no qual apresentava desenhos animados.

Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir