Economia

Crédito Solidário abre atendimento no Alvorada

Com o programa, é possível obter financiamentos de até R$ 2 mil, sem juros – Fotos: Divulgação

O Centro Estadual de Convivência da Família Maria de Miranda Leão, localizado na avenida Lóris Cordovil, Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus, recebe nesta quarta-feira (8), a ação de atendimento do “Crédito Solidário”. Realizado pelo Fundo de Promoção Social (FPS) do Governo do Amazonas, o programa de financiamento para pequenas atividades econômicas é destinado às pessoas desempregadas e sem renda fixa. O atendimento acontecerá das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Com o “Crédito Solidário”, é possível obter financiamentos de até R$ 2 mil, sem juros. No Centro de Convivência da Alvorada, os atendimentos ocorrerão nesta quarta-feira e na quinta-feira (9). Depois disso, o programa seguirá seu calendário de ações itinerantes em outros quatro centros de Convivência do Governo do Estado, cada um em uma data específica.

Criado sob a orientação da Presidente de Honra do FPS, a primeira-dama Edilene Gomes de Oliveira, o Crédito Solidário oferece empréstimos para pessoas de baixa renda em situação de desemprego e que tem o sonho de iniciar um negócio próprio. Com o recurso em mãos, o beneficiado tem até seis meses para começar a pagar. O valor pode ser quitado em até dois anos.

Adesão ao Programa

A única forma de acessar o Crédito Solidário é através das ações promovidas pelo FPS ou diretamente na sede do Fundo, que fica na sede do Governo do Estado, na Avenida Brasil, Compensa II. Não há qualquer custo ou cobrança de taxa para adesão ao programa. O financiamento social é acompanhado pelos técnicos para a comprovação da veracidade da aplicação. Quem não comprova a aplicação, recebe punições com multas e juros.

“Nós acompanhamos desde o início do resgate social até que a pessoa consiga caminhar sozinha com o seu próprio negócio. Antes de receber esse financiamento, estar dentro dos critérios exigidos, visitamos essas pessoas para confirmar se as informações fornecidas são verdadeiras”, explica a técnica responsável pelo Crédito Solidário, Carla Alfaia.

Ano passado, 400 famílias foram beneficiadas. Ao todo, foram R$ 660 mil em financiamento sem burocracia para pessoas em situação de exclusão social. O programa é executado em parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

Programação

Depois da ação de atendimento no Centro Estadual de Convivência da Família Maria de Miranda Leão, o “Crédito Solidário” seguirá seu calendário de atendimento em abril. Nos dias 4 e 5, o programa de financiamento estará no Centro Estadual de Convivência do Idoso, na esquina das ruas Wilkens de Matos e Alexandre Amorim, no bairro da Aparecida, Zona Centro-Oeste.

Em maio, o Crédito Solidário segue para ação itinerante no Centro Estadual de Convivência da Família 31 de Março. O atendimento acontecerá nos dias 3 e 4 de maio. O centro fica na Rua 21, conjunto 31 de Março, no Japiim, zona sul. Por último, nos dias 8 e 9 de maio, o atendimento ocorrerá no Centro Estadual de Convivência da Família André Araújo, localizado na rua 05, s/nº, conjunto Costa e Silva, Raiz, Zona Sul.

Os atendimentos em todas as unidades dos Centros de Convivência ocorrerão sempre das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Calendário

8 e 9 de março – Centro Estadual de Convivência da Família Maria De Miranda Leão
4 e 5 de abril – Centro Estadual de Convivência do Idoso Da Aparecida
3 e 4 de maio – Centro Estadual de Convivência da Família 31 De Março
8 e 9 de maio – Centro Estadual de Convivência da Família André Araújo

Com informações da assessoria

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top