Dia a dia

Creche que atende mais de 230 crianças é assaltada na Zona Sul

Mais de 230 alunos, de 1 à 3 anos de idade, estudam na instituição – Reprodução/Facebook- DR Studio

A creche municipal Magdalena Arce Daou, localizada na rua Professor Carlos Mesquita, no bairro Santa Luzia, Zona Sul de Manaus, foi assaltada no fim da tarde desta terça-feira (6), por volta das 17h30. Mais de 230 alunos, de 1 à 3 anos de idade, estudam na instituição. Os criminosos fugiram sem serem identificados.

De acordo com uma funcionária da creche, que presta serviços no setor administrativo e que prefere não ter o nome divulgado, três criminosos armados participaram da ação e levaram celulares de pais e funcionários do local.

“Um deles rendeu o agente de portaria e os outros dois levaram os celulares dos pais, que estavam na portaria da creche, e dos funcionários. Eles invadiram o local e ameaçaram todos”, relatou.

Ainda de acordo com a funcionária, possivelmente, os três assaltantes são menores de idade. “ Acredito que eles não tenham mais que 18 anos. É possível notar, pela fisionomia e estatura, que são moleques. Um deles, trajando uma blusa vermelha e uma bermuda preta, moreno e de estatura mediana, era o mais agressivo. Apontou a arma na cara de todo mundo. Por sorte ninguém reagiu e não houve feridos”, acrescentou.

Já a assessoria da Secretaria Municipal de Educação (Semed) informou que apenas dois homens participaram do crime. Um rendeu o agente de portaria e roubou o celular de duas funcionárias que estavam saindo da creche. O outro ficou no carro aguardando para auxiliar na fuga.

A auxiliar administrativo informou que uma pedagoga da instituição de ensino acompanhou algumas vítimas até à sede do 2º Distrito Integrado de Polícia (DIP), central de flagrantes da região, para registrar o caso. Diferente do que diz a Semed, a funcionária informou que no local não há câmeras de segurança, o que dificulta a identificação dos suspeitos.

Para a funcionária, os infratores já planejavam o assalto há mais de uma semana. “Já tem dias que os funcionários da creche perceberam que um carro modelo Celta, de cor preta e placas não identificadas, ficava rondando aqui nas proximidades. O carro dava várias voltas no quarteirão e sempre no horário de entrada ou saída dos alunos. Por coincidência, é o mesmo carro que o trio usou para fugir hoje após o roubo”, completou.

Funcionários da creche chegaram a denunciar aos policiais militares da 2ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) sobre a presença do carro nas proximidades da instituição, porém, nunca houve a abordagem policial.

Nota

Por meio de nota, a assessoria da Semed informou que “o suspeito armado só teve acesso ao portão de entrada da creche. O segundo portão que dá acesso às demais dependências, como salas e áreas administrativas, já estava fechado. Além do agente de portaria, a creche conta com câmeras do Centro de Operação de Segurança Escolar (Cose). As imagens captadas serão cedidas para auxiliar na investigação da polícia”.

Isac Sharlon
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir