Dia a dia

Corpo de prefeito assassinado no Amazonas será enterrado hoje

Prefeito foi vitima de atentado na noite da último domingo (28) em Maraã - Foto: Divulgação

Prefeito foi vitima de atentado na noite da último domingo (28) em Maraã – Foto: Divulgação

O corpo do prefeito do município amazonense de Maraã, Cícero Lopes (PROS), morto no último domingo (28), será enterrado hoje em Coari, onde nasceu. Ele foi velado ontem (29) no ginásio municipal Arlindo Pereira. Cícero tinha 62 anos de idade e foi assassinado por volta das 20h, quando chegava a sua casa. Ele levou um tiro nas costas. O autor do crime estaria escondido em uma obra, em frente ao local do crime.

Testemunhas e suspeitos já começaram a ser interrogados. Por meio de nota, a Polícia Civil do Amazonas disse que delegada de Maraã, Alessandra Trigueiro, relatou que o prefeito registrou no ano passado e em 2016 dois boletins de ocorrência por injúria envolvendo questões políticas. Ela informou que os autores dessas ocorrências foram ouvidos na delegacia, bem como os familiares da vítima e o vice-prefeito da comarca, Luiz Magno. Até o momento, ninguém foi detido.

O secretário de Administração da prefeitura, José Domingos Correa, acredita que a motivação do assassinato tenha sido política. “Tudo indica, aqui pra gente, em tese, que é crime político. As eleições estão próximas, o prefeito era cotado para a reeleição. Ele fez um bom trabalho na zona rural, organizou a prefeitura, organizou o município. Precisava de organização, estava um caos, com atividades inadimplentes. Conseguimos quase que totalmente reverter essa situação.”

Partido

Em nota, o PROS manifestou sentimento de pesar e solidariedade à família e aos amigos de Cícero Lopes. O partido também expressou consternação devido à brutalidade do fato e pediu providências para o esclarecimento da autoria do assassinato e que sejam tomadas todas as medidas necessárias para que se faça justiça.

Investigações

A Polícia Civil do Amazonas informou que a equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está em Maraã ajudando nas investigações da morte do prefeito. A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas também enviou à cidade nessa segunda-feira maise policiais militares para garantir a manutenção da ordem pública.

Por Agência

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir