Dia a dia

Corpo de criança que morreu carbonizada é velado nesta quarta

O sinistro ocorreu na tarde de ontem- foto: divulgação

O sinistro ocorreu na tarde de ontem- foto: divulgação

O velório da pequena Jamily de Oliveira Pessoa de apenas 3 anos, que morreu carbonizada na tarde dessa quarta-feira (28), no bairro Crespo, Zona Sul, ocorreu durante a manhã desta quinta-feira (29), em uma igreja evangélica, localizada no Bairro Raiz também na Zona Sul da cidade.

De acordo com a delegada titular do 7º Distrito Integrado de Polícia Caroline Guedes, responsável pela investigação, os tios da criança identificados como Jeferson de Oliveira Pessoa e Janderson de Oliveira Pessoa foram indiciados por homicídio culposo, apontados como os principais responsáveis pela morte da criança.

A autoridade policial ainda informou que pretende indiciar toda a família da menina, uma vez que todos eram responsáveis pela menor.

A delegada descarta a possibilidade de o incêndio ter sido causado propositalmente, uma vez que a criança estava sozinha na residência e trancada no quarto. “Descartamos essa hipótese do incêndio ter sido proposital, aparentemente o incêndio foi devido ao curto circuito no ar-condicionado”.

Populares relataram que a criança era maltratada e que todos os dias era espancada pela mãe. “Eles sempre deixavam a criança sozinha, todo dia mãe batia nela” disse uma moradora.

Guedes falou ainda que os tios da criança se apresentaram na delegacia espontaneamente, mas o que deixou a delegada indignada foi o fato dos suspeitos não apresentarem nenhum tipo de comoção com a morte da criança. “Eles estavam totalmente tranquilos como se não estivesse acontecido nada”, falou.

O caso segue sendo investigado pelo 7º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir