Sem categoria

Corinthians perde nos pênaltis e vê Flamengo levar a Copinha pela 3ª vez

Após abrir 2 a 0 no placar e ceder o empate por 2 a 2 no tempo normal, o Corinthians foi derrotado pelo Flamengo nas cobranças de pênaltis por 4 a 3 e viu o time carioca conquistar o título da Copa São Paulo de futebol júnior nesta segunda-feira (25), no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

Com a vitória, os flamenguistas obtiveram o terceiro troféu do principal torneio das categorias de base do país. Foi também a terceira vez que a equipe do Rio de Janeiro havia chegado à decisão da competição. Já o time alvinegro buscava o décimo título da Copinha.

No jogo, os corintianos abriram 2 a 0 no marcador ainda no primeiro tempo, com gols de Gabriel Vasconcelos e Matheus Pereira. No entanto, logo no começo da etapa final, o time carioca, que ainda teve um gol mal anulado pela arbitragem, buscou o empate com Trindade e Matheus Savio.

Nas penalidades, após erros nas finalizações dos dois times, Patrick converteu a última cobrança de assegurou a vitória por 4 a 3 ao Flamengo. Antes, o clube carioca havia sido campeão em 2011 e 1990.

O jogo
Empurrado pela torcida que compareceu em bom número no Pacaembu, o Corinthians começou a final com mais posse de bola e maior presença ofensiva, mas esbarrou na forte marcação do Flamengo e teve muitas dificuldades de criar as jogadas ofensivas.

Melhor postado, o time carioca, mesmo mais recuado, tinha as melhores chances no campo de ataque até sofrer o primeiro gol, em um lance casual do ataque paulista. Aos 18 min, após cobrança de uma lateral, Gabriel Vasconcelos recebeu na grande área, girou sobre a marcação e chutou no canto esquerdo para abrir o placar.

O cenário da partida se inverteu após o gol corintiano. Até o intervalo, foi o Flamengo quem buscou mais a meta adversária, enquanto o Corinthians ficava à espera dos contra-ataques. Foi assim que a equipe alvinegra chegou ao segundo gol.

Aos 25 min, após um erro flamenguista no passe e rápido contragolpe, Matheus Pereira recebeu passe em profundidade e, da entrada da área, chutou cruzado para fazer 2 a 0.

No entanto, o Flamengo se aproveitou da acomodação dos garotos corintianos logo após a volta dos vestiários e, em sete minutos, chegou ao empate. Antes mesmo dos 2 a 2, os flamenguistas tiveram um gol mal anulado pela arbitragem, que alegou impedimento de Lucas Paquetá.

Mas, logo aos 3 min, após cobrança de escanteio, o volante Trindade entrou livre na pequena área e, de cabeça, descontou para o time carioca. Já aos 7 min, Matheus Savio recebeu lançamento nas costas da defesa corintiana e, ao invadir a grande área, chutou cruzado para empatar o jogo.

Depois, mesmo com a notória ansiedade e nervosismo aparente, o Corinthians buscou pressionar o adversário até o apito final. Depois, com o forte calor, a intensidade do jogo caiu muito e as equipes pouco criaram, o que fez a partida ser decidida nas cobranças de pênaltis.
Nas penalidades, já nas cobranças alternadas, Patrick converteu a última cobrança de assegurou a vitória por 4 a 3 ao Flamengo.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir