Dia a dia

Contador é morto a tiros em frente de casa, no Colônia Santo Antônio

O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) – foto: Arthur Castro

O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) – foto: Arthur Castro

O contador Júlio Sales Maciel Cardeira, 33, foi morto com quatro tiros, na noite dessa quinta-feira (12), por volta das 20h. O crime ocorreu na rua Curará, bairro Colônia Santo Antônio, Zona Norte de Manaus.

Conforme a polícia, a vítima estava em frente a sua residência, quando um homem não identificado, que estava a pé, se aproximou e efetuou vários disparos.

O contador foi atingido por quatro tiros, sendo dois na região do tórax, segundo a perícia do Instituto Criminalística.

Júlio Cardeira ainda foi socorrido e levado ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galiléia, também na Zona Norte, mas não resistiu aos ferimentos e morreu poucos minutos de dá entrada na unidade hospitalar.

Para a polícia o crime tem relação com o tráfico de drogas, devido o homem ser usuário de entorpecentes, e provavelmente, estivesse devendo algum traficante da área.

A família da vítima informou que desconhece a motivação do crime e afirma que não sabia se Júlio estava sendo ameaçado por alguém.

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames de necropsia.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investigará o crime.
Familiares e testemunhas devem prestar depoimento na sede da especializada, para ajudar as investigações.

Por Mara Magalhãe

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir