Sem categoria

Confirmando excelente fase, Nacional bate São Raimundo por 3 a 0 na Colina

Com dois gols de Leonardo e um de Fininho, o Leão da Vila Municipal manteve a invencibilidade no Barezão – foto: Alberto César Araújo

Com dois gols de Leonardo e um de Fininho, o Leão da Vila Municipal manteve a invencibilidade no Barezão – foto: Alberto César Araújo

Nacional e São Raimundo botaram um ponto final na 12ª rodada do Campeonato Amazonense 2015. O clássico que foi disputado no estádio da Colina serviu para confirmar a excelente fase vivida pela equipe comandada pelo técnico Aderbal Lana.

Com dois gols de Leonardo e um de Fininho, o Leão da Vila Municipal venceu por 3 a 0 e manteve a invencibilidade no Barezão. Com a derrota, o São Raimundo caiu para a quinta colocação na tabela geral de classificação e, no momento, está fora da fase final do Estadual.

Como já era esperado, o clássico entre Nacional e São Raimundo começou muito equilibrado. Ambas as equipes se estudaram bastante.

A primeira grande chance de gol aconteceu aos 16 minutos, quando o volante Carlos tabelou com Neto e arriscou de fora da área. A bola ia no canto esquerdo, porém, Wagner mostrou agilidade e espalmou para escanteio.

O Nacional respondeu apenas aos 30 minutos, quando Railson triangulou com Charles e Leonardo na intermediária. O meia teve calma e achou o Índio Negro livre na direita. Da entrada da grande área, Leonardo finalizou forte e, por pouco, não acertou o ângulo defendido por Julião.

Redenção
Aos 36 minutos, o Nacional abriu o marcador com Leonardo. A jogada começou com Railson, na direita, que enfiou para o meia Fininho. O camisa 8 saiu de frente com Julião, teve calma, driblou o goleiro e cruzou para Léo completar para o gol vazio.

Seis minutos mais tarde foi a vez do próprio Fininho marcar o seu. O meia aproveitou rebate dentro da área e finalizou rasteiro no canto direito adversário.

No começo do segundo tempo, a vida do São Raimundo ficou mais complicada. Aos oito minutos, o camisa 10 Neto sofreu um estiramento muscular e teve de ser substituído pelo meia Kleber.

Com a vantagem no placar, o Nacional passou a administrar o placar logo no começo da etapa.
Apesar disso, o São Raimundo ainda chegou com perigo aos 16 minutos l Kleber, da marca do pênalti, finalizou em cima do goleiro Wagner.

Após o lance, Eduardo Clara foi obrigado a tirar Adonias por lesão. Assim, o tricampeão do Norte ficou sem seu principal jogador na competição, complicando assim a missão no clássico.

O Nacional acordou nos últimos minutos de partida. Aos 47 minutos, o lateral direito Peter arrancou pela direita e finalizou forte. A bola saiu pela direita do gol. No minuto seguinte, foi a vez de Charles arriscar da intermediária e obrigar Julião a espalmar para escanteio.

Na cobrança, Marin rolou para Peter que caprichou no cruzamento e encontrou Leonardo, livre na pequena área. O camisa 9, de peixinho, marcou seu segundo gol na partida e fechou o placar em 3 a 0 para o Leão da Vila Municipal.

Por Thiago Fernando (equipe Jornal EM TEMPO)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir