Eleições 2016

Confirmados no 2º turno, desafio para Arthur e Marcelo é fortalecer alianças

segundo-turno

A diferença entre o tucano e Ramos foi de aproximadamente 110 mil votos – arquivo AET

Após confirmarem seus nomes no segundo turno, neste domingo (2), Arthur Neto (PSDB) e Marcelo Ramos (PR) têm o desafio de conquistar novas alianças, principalmente, com os outros sete candidatos a prefeito de Manaus que ficaram de fora da disputa.

O tucano ficou com 35,17% e Ramos com 24,86%. Uma diferença de aproximadamente 107 mil votos. Os dois iniciam a corrida para fazer alianças, principalmente com os candidatos que ficaram em terceiro, quarto e quinto lugar. São eles: Silas Câmara com mais de 115 mil votos, José Ricardo com mais de 113 mil votos e Serafim Corrêa com mais de 113 mil. A diferença entre os últimos citados é de quase 900 votos. Os dados finais foram atualizados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) às 19h45.

Arthur Neto já conta com o apoio do senador Eduardo Braga (PMDB). Do outro lado da moeda, Ramos não fica atrás e tem o apoio do senador Omar Aziz (PSD). Os dois grandes caciques da política amazonense devem ‘correr atrás’ das alianças para este segundo turno.

Ainda na noite deste domingo, os dois candidatos que irão disputar a preferência do eleitor, no próximo dia 30, vão falar com a imprensa sobre como irão trabalhar a campanha para o segundo turno e sobre as alianças que pretendem formar para fortalecer os números na corrida pela administração municipal.

Por equipe EM TEMPO  online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir