Esportes

Confederação vai instaurar inquérito para definir punições a ginastas

A CBG (Confederação Brasileira de Ginástica) divulgou nota neste sábado (16) na qual afirma que vai instaurar inquérito para definir eventuais punições aos envolvidos em vídeo postado pelo ginasta Arthur Nory na última sexta-feira (15).

A instituição ainda afirma que pretende realizar um “forte trabalho educacional” com as comissões técnicas e atletas de todas as modalidades, com o objetivo de evitar novas ocorrências.

O vídeo

Em sua conta no aplicativo Snapchat, Nory mostra ofensas racistas a seu companheiro de seleção, o brasileiro Angelo Assumpção, único negro da equipe.
As imagens publicadas pelo ginasta foram divulgadas pelo jornal “O Globo’. Nelas, Angelo é provocado durante refeição com o grupo, que está em treinamento em Portugal.

“Seu celular quebrou: a tela quando funciona é branca… quando ele estraga é de que cor? (risos)”, pergunta Nory.

“Preto!”, dizem outros atletas que não podem ser identificados na imagem. E eles seguem: O saquinho do supermercado é branco… e o do lixo? É preto!”.
No vídeo, ele demonstra constrangimento com as brincadeiras.

Pedido de desculpa

Depois da repercussão negativa dos vídeos, Nory publicou nesta sexta-feira (15) em seu perfil no Instagram um vídeo de desculpas.
Ele também afirmou, por meio de sua conta no Twitter, que sua conta no Snapchat foi apagada.

Leia íntegra da nota da CBG:
A Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), considerando o relatório da coordenação da Seleção de Ginástica Artística Masculina, irá instaurar inquérito para encaminhar ao STJD da ginástica, instância desportiva competente, para definir eventuais punições a serem aplicadas aos envolvidos no vídeo publicado em uma rede social.

A instituição ressalta que será feito um forte trabalho educacional com as comissões técnicas e atletas de todas as modalidades que compõem a ginástica para que esse tipo de atitude não volte a acontecer. A CBG reafirma ainda que condena qualquer ato dessa natureza.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir