Economia

Concurso para juiz substituto do Tjam terá prova escrita e prática de sentença neste fim de semana

O candidato pode acessar este link, desde a última segunda-feira (2), para verificar o seu local de realização das provas, por meio de consulta individual - foto: Raphael Alves

O candidato pode acessar este link, desde a última segunda-feira (2), para verificar o seu local de realização das provas, por meio de consulta individual – foto: Raphael Alves

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) vai realizar, na próxima sexta-feira (6), sábado (7) e domingo (8), a prova escrita discursiva e a prova escrita prática de sentença do concurso público para o cargo de Juiz Substituto de Carreira do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam).

O candidato pode acessar este link, desde a última segunda-feira (2), para verificar o seu local de realização das provas, por meio de consulta individual.

A prova escrita discursiva terá a duração de cinco horas e será aplicada nesta sexta (6), às 13h (de Manaus). Já a prova escrita prática de sentença – uma sentença cível e uma sentença criminal – também terá a duração de cinco horas para cada sentença e será aplicada no sábado-7 (sentença cível) e no domingo-8 (sentença criminal), ambas às 13h (de Manaus).

Resultado desta fase

A convocação para a sessão pública de identificação e divulgação do resultado provisório na prova escrita discursiva será publicada no Diário de Justiça Eletrônico do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas e divulgada na internet, na data provável de 8 de junho deste ano.

Primeira fase

O certame, até o momento, teve realizada apenas a primeira fase. No dia 18 de abril, foi divulgado o resultado final na prova objetiva seletiva. Um total de 1533 dos 1840 inscritos fizeram a prova.

Após a prova escrita discursiva e a prova escrita prática de sentença, o concurso prevê ainda uma terceira etapa em três fases: inscrição definitiva e sindicância da vida pregressa e investigação social, de responsabilidade do TJAM, com apoio logístico do Cebraspe; exames de sanidade física e mental; e exame psicotécnico, sendo estes três últimos de responsabilidade do Cebraspe.

A quarta etapa do certame será a prova oral, de caráter classificatório e eliminatório. A quinta e última etapa é a avaliação de títulos, de caráter classificatório. Além destas etapas, o concurso contemplará, ainda, a perícia médica a ser realizada nos candidatos que se declararem com deficiência, de responsabilidade do Tjam.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir