Concursos

Concurso do TRT AM e RR é alvo de investigação por suspeita de fraude

O concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (Amazonas e Roraima),  realizado pelo Fundação Carlos Chagas (FCC), no início deste ano,  está na lista dos concursos suspeitos de fraude, investigados pela Operação Gabarito da Polícia Civil (PC) da Paraíba.

As investigações começaram após a PC receber uma denúncia anônima de que haveria um esquema criminoso, onde membros da organização estariam vendendo kits completos para aprovação em concursos. Cem pessoas estão sendo investigadas, com suspeita de terem movimentado R$ 60 milhões em fraudes, envolvendo ações em vários estados brasileiros, inclusive no Amazonas. As ações criminosas ocorrem há cerca de 12 anos.

Leia também: PF deflagra operação para prender fraudadores de concursos públicos

De acordo com o delegado de Defraudações e Falsificações de Joao Pessoa, Lucas Sá, já foram identificados 93 concursos que teriam sido fraudados e, as investigações continuam para apurar a participação de pessoas em todo Brasil.

Outro lado:

Em nota, o tribunal Regional do trabalho da 11a Região confirmou que o concurso realizado em Manaus no dia 19 de fevereiro de 2017 estaria sendo alvo de investigação e lamentou o episódio.

Leia  a nota completa:

O Tribunal Regional do Trabalho da 11a Região vem a público lamentar que o concurso para servidores, realizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC) em 19 de fevereiro de 2017, seja alvo de investigação policial com suspeita de fraude.

A Comissão Organizadora do concurso vem acompanhando, junto à FCC, todos os trâmites do referido concurso, que se encontra em fase de homologação.

Informa este Tribunal que vem prestando todas as informações solicitadas pela autoridade policial do Estado do Amazonas. O próprio caráter sigiloso da investigação impedia qualquer manifestação pública do TRT-11 a respeito.

Reiterando seu compromisso com a legalidade e a transparência, o Tribunal Regional do Trabalho da 11a. Região manifesta-se pela completa e rigorosa apuração e esclarecimento, por parte da investigação em andamento, dos fatos que motivaram a operação.

EM TEMPO

Leia mais:

Procuradoria quer apuração de suposta fraude em cota de concurso

Falta de licitação ajudou fraude que causou rombo na saúde do Amazonas, diz coordenador de operação

Senado instala CPI da Previdência para investigar rombo e casos de fraude

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir