Sem categoria

Comitê vai apresentar ao MPE e PMF documento pedindo melhorias no Distrito

Falta de estrutura nas vias do Distrito Industrial é uma das principais reclamações do empresariado – foto: Márcio Melo

Falta de estrutura nas vias do Distrito Industrial é uma das principais reclamações do empresariado – foto: Márcio Melo

Buscando solucionar os principais problemas da cidade, o Comitê Cidadão promoveu mais uma reunião, na tarde desta segunda-feira (22), abordando como tema a mobilidade urbana de Manaus, focando principalmente no estado caótico do Distrito Industrial, na Zona Sul.

Formada por lideranças religiosas, empresariais e comunitárias, a organização irá protocolizar uma denúncia aos Ministérios Públicos Federal (MPF-AM) e do Estado (MPE-AM), para solucionar a situação do polo industrial amazonense.

Presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco iniciou a reunião chamando a atenção para as condições precárias das vias que cercam a área. Mostrando por meio de dados a importância do Polo Industrial para a cidade e para o Estado, Périco propôs a ideia de levar uma petição ao MPF/AM, para agilizar a solução dos problemas daquela área.

Idealizador do grupo, o pastor Stanley Braga lembrou que uma audiência pública foi realizada para divulgar o plano de mobilidade urbana, neste ano, porém, acabou não sendo divulgado para todos os cidadãos da cidade. Por isso, o comitê irá se posicionar para lutar por melhorias físicas para a Manaus.

“Vamos apoiar o pedido feito pelo Wilson [Périco]. Direcionaremos o documento. Tem que ter a capitação de recursos para uma obra emergencial. O Distrito gera lucro para o Estado. Nosso objetivo é convocar forças públicas que vivem o dia a dia da cidade e montar projetos que possam ser implantados pela prefeitura e governo. Hoje, a política partidária está em crise moral. Vamos lutar cobrando e buscar melhorar essa situação”, analisou Braga.

Gestora ambiental e membro do movimento Ficha Verde, Carol Alarcon mostrou-se confiante com o resultado da reunião. Levantando a bandeira da preservação do meio ambiente, ela é uma das vozes femininas do comitê.

“A reunião mostrou que as organizações estão dispostas a se unir para conversar e lutar por um objetivo comum. A maior representatividade foi das indústrias nesta reunião, mas estamos todos buscando ajudar a cidade”, salientou.

Por Thiago Fernando

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir