Eleições 2016

Comitê de Combate ao Caixa Dois da OAB-AM foi às ruas fiscalizar seções eleitorais

Até às 18h deste domingo, a OAB-AM disponibilizará uma equipe de advogados, que permanecerá de plantão para receber denúncias de crimes eleitorais - foto: divulgação

Até às 18h deste domingo, a OAB-AM disponibilizará uma equipe de advogados, que permanecerá de plantão para receber denúncias de crimes eleitorais – foto: divulgação

Membros da Comissão de Ética e Reforma Política da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM) participaram, na manhã deste domingo (2), da fiscalização e combate à crimes eleitorais nas zonas Norte, Centro-Sul e Oeste de Manaus. Durante a ação, os advogados puderam acompanhar a movimentação das seções e monitorar a ocorrência de irregularidades durante as eleições.

Seções eleitorais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e das escolas estaduais Tiradentes (Petrópolis) e Professor José Bernardino Lindoso (Cidade Nova) foram fiscalizadas. Além dos advogados, participam da iniciativa representantes do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas, do Conselho Regional de Contabilidade, Conselho Regional de Economia, Sindicato dos Assistentes Sociais, entre outras instituições, que juntos compõem o Comitê de Combate ao Caixa Dois.

Atuando desde junho, o comitê registrou até a última sexta-feira (30), cerca de 8 representações, 9 diligências e 16 denúncias envolvendo crimes eleitorais no Estado. Crimes como boca de urna, caixa dois e compra de votos foram os alvos de atuação da equipe durante a ação deste domingo. As irregularidades constatadas e registradas pelo comitê nos locais visitados deverão ser encaminhadas ao Ministério Público, Justiça e Polícia Federal.

De acordo Raimundo Aquino de Souza, chefe de cartório da Zona Eleitoral 70, local que recebeu a visita do Comitê, foram registrados crimes como a troca de votos por água e distribuição de santinhos na porta da Escola Estadual José Bernardino Lindoso durante a manhã. Raimundo falou sobre a importância da fiscalização durante a votação.

“Essa fiscalização é importante para que o pleito possa transcorrer dentro da normalidade. Alguns incidentes ocorreram, mas foram imediatamente encaminhados aos órgãos responsáveis”, disse.

O presidente da Comissão de Ética e Reforma Política da OAB/AM e coordenador do Comitê de Combate ao Caixa Dois, Carlos Santiago, fez um balanço sobre a atuação da equipe e a fiscalização dos órgãos eleitorais.

“Nós recebemos a notícia de que cinco pessoas foram detidas por crimes eleitorais, e a denúncia partiu dos próprios eleitores. Isso significa que as ações de fiscalização e que nossa busca pelo voto consciente, com responsabilidade e sem pressão tem gerado resultados positivos”, ressaltou.

Até às 18h deste domingo, a OAB-AM disponibilizará uma equipe de advogados, que permanecerá de plantão na sede da Ordem para receber denúncias de crimes eleitorais e atender à população. A seccional do Amazonas está localizada na avenida Umberto Calderaro, Adrianópolis. O telefone para denúncia é o (92) 99977-9680.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir