Dia a dia

Comerciante é morto após denunciar traficantes na Zona Oeste

O comerciante Agripino da Silva Reis, 72, morreu na tarde de anteontem (19), no hospital e pronto-socorro (HPS) 28 de Agosto, Zona Centro-Sul de Manaus. A vítima foi alvejada a tiros na última quarta-feira (18), por volta das 12h30, na rua Buriti, comunidade Parque Riachuelo, bairro Tarumã, Zona Oeste.

O comerciante foi morto após pedir para que traficantes da rua onde morava parassem de comercializar drogas em frente ao seu estabelecimento. Ele, passou a denunciar os criminosos, segundo a polícia. Após ser feridos, populares o levaram para o hospital, onde não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 13h20. A vítima era natural do município de Codó, no Estado do Maranhão, e morava sozinho na própria residência.

Conforme relatos de populares a polícia, a vítima estava perdendo clientes em seu comércio por conta da movimentação intensa de venda de drogas no local. Cansado pela situação, ele reclamou com os traficantes e levou um tiro na barriga.

Até o momento nenhum suspeito do crime foi preso. O caso será investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS).

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir