Dia a dia

Comemorando uma década, Lar das Marias busca apoio para construção de sede própria

Produtos artesanais estão sendo vendidos em stand, no Amazonas Shopping - foto: assessoria

Produtos artesanais estão sendo vendidos em stand, no Amazonas Shopping – foto: assessoria

No último dia 6 de maio, a instituição filantrópica Lar das Marias completou 10 anos de fundação. A entidade amazonense trabalha sem fins lucrativos, abriga e apoia mulheres da capital e interior do Amazonas com câncer. Para coroar os anos de ‘estrada’, a entidade visa a construção de sua sede própria, no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus, onde ganhou um terreno.

“Esta é a nossa principal meta. Com o que iremos economizar em aluguel, poderemos atender mais mulheres com câncer”, explicou a presidente do local, a médica oncologista Adelaide Portela.

Conforme descreveu a direção da instituição, o Lar das Marias visa levar o conhecimento às mulheres que muitas vezes deixam passar despercebida a saúde pessoal. Além do abrigo àquelas que vêm do interior em busca de tratamento, a entidade procura buscar prevenção de doenças que podem evitar um futuro mais árduo.

Atualmente, a capacidade de atendimento é para 25 mulheres, com acompanhante. Lá, as mulheres recebem hospedagem, alimentação, transporte e serviços de marcação de consultas e exames. Além de acompanhamento psicológico.

Estratégia e planejamento

Funcionando em duas casas alugadas no bairro Dom Pedro, a entidade fechou parcerias com lojas do Amazonas Shopping para angariar recursos para a construção da sede própria. Daquela rede, somente estabelecimentos que dependem de franquia externa não puderam abraçar a ideia.

O Lar das Marias instalou uma caixa plástica em 60 lojas, uma espécie de cofre a colaboradores, onde serão reunidos valores em prol da construção da sede própria.

“Muitas outras lojas estavam a fim de colaborar, mas a ordem vem de longe, as franquiadas não possuem permissão para prestar esta solidariedade. Entretanto outras empresas abraçaram a causa e estão ao lado do Lar das Marias. Isso nos reanima e nos coloca para cima”, explicou a diretora de promoções de eventos do Lar das Marias, Sirce Genu, que colabora com a entidade há dez anos.

Em busca de manter as despesas internas, que estão em torno de R$ 30 a R$ 40 mil por mês, a instituição também produz artesanatos através de colaboradoras, ambos os meios de aquisição de recursos têm fortificado os planos da diretoria, de construir a então sonhada sede. Feijoadas eventuais, vendas de camisa e acessórios também reiteram a receita do Lar das Marias.

“Nossa meta é conseguir construir nossa sede no prazo de cinco anos. Estamos atrás de recursos, o banco Itaú através do seu departamento social irá construir o muro do nosso terreno, que obtemos através de comodato com doadores. Esse prazo pode ser diminuído, irá depender muito das ajudas que chegarem até nossa entidade”, explicou Sirce.

Stand

Até o dia 30 de outubro, o Lar das Marias vai contar com um stand onde irá comercializar produtos de decoração e de utilidades domésticas, produzidos artesanalmente por mulheres voluntárias. E nos últimos três finais de semana irá intensificar a prevenção de diferentes tipos de câncer que acometem mulheres.

“Estaremos promovendo uma grande ação alusiva ao Outubro Rosa, mês dedicado à prevenção e combate de câncer de mama e colo de útero, no primeiro piso do Amazonas Shopping”, explicou a presidente do Lar das Marias.

Com informações de assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir