Dia a dia

Começam as provas do SIS em Manaus; momentos antes, ruas ficaram congestionadas

O trânsito ficou complicado nas principais avenidas de acesso aos locais das provas- foto: divulgação/Manaustrans

O trânsito ficou complicado nas principais avenidas de acesso aos locais das provas- fotos: divulgação/Manaustrans

As provas do Sistema de Ingresso Seriado (SIS) para a Universidade do Estado do Amazonas começaram sem sobressaltos para os participantes no início da tarde desta sexta-feira (13) no Estado.

Na capital, a abertura dos portões ocorreu ao meio-dia, mas muitas pessoas anteciparam sua chegada às escolas em que fazem o exame em até duas horas do início das provas, programado para às 13h, horário local. Isso para evitar ficarem ‘presas’ nos ‘tradicionais’ engarrafamentos que costumam ocorrer em dias como hoje.

Conforme registros do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), o trânsito ficou complicado nas principais avenidas de acesso aos locais das provas.

Ainda conforme o Manaustrans, por volta das 11h30, a fila estava quilométrica na Escola Superior de Tecnologia (EST), da avenida Darcy Vargas, bairro Parque 10, e, em ambos os sentidos da avenida, o trânsito estava bastante lento.

Muitos candidatos que precisaram se dirigir para às escolas do Centro da capital também optaram por chegar mais cedo ao local da prova.

Por volta das 11h30, a fila estava quilométrica na Escola Superior de Tecnologia (EST), da avenida Darcy Vargas

Por volta das 11h30, a fila estava quilométrica na Escola Superior de Tecnologia (EST), da avenida Darcy Vargas

Em toda o Amazonas, 200 escolas foram disponibilizadas para a realização das provas do SIS. Hoje, os candidatos responderão as 60 questões aplicadas, porém os alunos que estão no segundo e terceiro ano do ensino médio terão também a prova de redação.

Neste ano, 30.401 alunos se candidataram à uma vaga na UEA, sendo 4.193 pessoas a mais que o ano passado.
Na Escola Superior de Saúde (ESA/UEA), localizada na Cachoeirinha, Zona Sul, eram esperados duas 2 mil pessoas, somente nesta sexta.

A estudante Adria Mota, 18, que realizaria a segunda etapa do SIS, chegou um minuto após o fechamento do portão e lamentou a perda.

“Perdi a hora, me confiei porque moro próximo e acabei não atentando ao horário. Foi falta de compromisso mesmo. Agora é estudar para o vestibular”, disse.

Por Conceição Melquíades

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir