Esportes

Começa neste sábado a segunda edição da Copa Interbairros

A partir de hoje, a bola começa a rolar na 2ª Copa Interbairros Taça Rolinha, um dos maiores campeonatos de futebol amador do Estado, que é organizado pela Federação das Ligas Desportivas do Amazonas (FLDAM), com o apoio do Grupo Raman Neves de Comunicação. O torneio deve durar cerca de seis meses e sua final será realizada em maio de 2016. Porém, a novidade este ano é a quantidade de participantes: cerca de 600.

No total, serão R$ 100 mil em premiação. O campeão receberá R$ 50 mil, o segundo R$ 30 mil e o terceiro R$ 10 mil. Além das melhores equipes, o artilheiro e o melhor goleiro da competição também serão premiados. Todos os participantes receberão uniformes exclusivos para o campeonato.

Neste sábado (21) o estádio Carlos Zamith, localizado no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus, recebe a primeira rodada da competição. Às 18h, o Bondes dos Bravos encara o Coritiba da Nova Vitória. Uma hora mais tarde, o atual campeão da Copa Interbairros, Obidense, duela com os Amigos do Lobo.

No domingo, a rodada continua com outros três jogos. Na Colina, localizado no bairro São Raimundo, Zona Oeste da capital, o primeiro duelo acontece às 18h. O vice-campeão do ano passado, Panair, joga contra os Amigos do Gean/Jorginho. Às 19h, o Compensão encara Ghana.

 

Expectativa

Considerada um sucesso após sua primeira edição, a Copa Interbairros segue com o objetivo de resgatar e fortalecer o desporto comunitário, com a finalidade de revelar talentos locais.

Campeão e homenageado no ano passado, ex-volante da Roma, Lima, acredita que o torneio será bem-sucedido novamente. “Assim como no ano passado, espero que essa competição seja mais uma vez um grande sucesso, espero que essa Copa tenha o foco de revelar promessas para o futebol local. Nossa expectativa, como atuais campeões, é a melhor possível. Vamos em busca do bicampeonato”, destacou o capitão do Obidense.

Nada melhor do que um torneio de futebol para homenagear um dos maiores jogadores da história do futebol amazonense. Rolinha não irá driblar adversários como fazia décadas passadas, mas entrará em campo para receber o devido reconhecimento na Copa Interbairros de Futebol

Para Rolinha, a homenagem é uma forma de reconhecimento pelos serviços prestados ao futebol local. “Penso que, se for para homenagear, que seja enquanto vivo, porque depois que morrer, vai festejar o quê? Não quero que fique apenas na lembrança, mas em vida. É muito melhor”, brincou.

 

Por Lindivan Vilaça

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir