Dia a dia

Comandante geral da PM pede afastamento temporário do cargo

Para Marcus Jaime Frota o afastamento é de carácter pessoal - foto: divulgação

Para Marcus James Frota o afastamento é tratado de forma pessoal com franca intenção de evitar qualquer suspeita de má conduta – foto: divulgação

O comandante geral da Polícia Militar do Estado do Amazonas (PMAM), Marcus James Frota Lobato, anunciou no fim da tarde desta quarta-feira (11), o afastamento temporário do cargo. A informação foi divulgada através de nota enviada pela Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom).

De acordo com o comunicado, Frota tomou essa decisão porque está respondendo inquérito policial instaurado pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM).

“Esta decisão toma por base a postura que sempre adotei diante desta corporação e tem por objetivo trazer ainda mais independência e credibilidade ao inquérito policial em que meu nome é mencionado. Durante as investigações me coloquei voluntariamente à disposição, colaborando e prestando as informações necessárias, inclusive por meio de depoimento formal”, disse.

O comandante informou ainda que vê o afastamento como uma medida “idônea, transparente e responsável com franca intenção de evitar qualquer suspeita de uso do meu posto ou autoridade para interferir ou mesmo influenciar qualquer deliberação”.

Frota finalizou a nota informando que esta é uma decisão de caráter pessoal, mas que traduz a conduta do comandante.

“Agradeço imensamente aos meus liderados, sobretudo a confiança depositada no trabalho até agora realizado por este comando. Estou certo de que cada ponto será esclarecido dentro dos mais rigorosos critérios de apuração contidos no conjunto probatório, agora no âmbito do Ministério Público, a quem deposito irrestrita confiança. Portanto, sigo firme na postura que me foi base de convivência e trabalho até que tudo esteja devidamente esclarecido”, concluiu.

Em nota o Governador do Estado do Amazonas, José Melo, deferiu o pedido de afastamento do coronel Marcus James Frota Lobato de suas funções junto ao Comando Geral da Polícia Militar do Estado do Amazonas (PMAM). O decreto foi assinado na tarde desta quarta-feira, (11), na sede do Governo, na Compensa, Zona Oeste de Manaus.

Diante do exposto, o governador designou o coronel ao Quadro de Oficiais Policiais Militares (QOPM), Rubens de Sá Soares, subcomandante geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), para responder pelo cargo de Comandante Geral do órgão, a partir desta quinta-feira (12), por tempo indeterminado.

 

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir