Cultura

Com R$ 153 bilhões, bilheterias globais batem recorde de arrecadação em 2015

 A bilheteria americana também contribuiu para o recorde mundial de arrecadação de 2015, com US$ 11,1 bilhões, também a maior de sua história - foto: divulgação


A bilheteria americana também contribuiu para o recorde mundial de arrecadação de 2015, com US$ 11,1 bilhões, também a maior de sua história – foto: divulgação

Não é só nos Estados Unidos que as franquias hollywoodianas ajudam a quebrar recordes de bilheteria. Em 2015, “Star Wars: O Despertar da Força”, “Jurassic World” e “Os Vingadores” foram carros-chefes de uma arrecadação global de US$ 38 bilhões (cerca de R$ 153 bilhões), a maior da história do cinema.

Segundo o jornal britânico “The Guardian”, a nova marca mundial vem após o mercado chinês registrar um aumento de 48,7% em sua arrecadação, totalizando US$ 6,77 bilhões. A China deve ultrapassar os EUA como o maior mercado cinematográfico em 2017.

A bilheteria americana também contribuiu para o recorde mundial de arrecadação de 2015, com US$ 11,1 bilhões, também a maior de sua história.

Pela primeira vez, no ano passado, cinco filmes ultrapassaram a marca de US$ 1 bilhão em bilheteria acumulados em 12 meses: além de “O Despertar da Força”, “Jurassic World” e “Os Vingadores”, estão na lista “Minions” e “Velozes e Furiosos 7”.

Os números expressivos não estão diretamente relacionados à quantidade de pessoas indo aos cinemas. O aumento no preço dos ingressos, em parte impulsionado pelos formatos 3D e Imax (mais caros), ajuda a explicar o aumento da arrecadação.

De acordo com a revista “Variety”, o ano passado também registrou o aumento na concentração de renda entre os filmes com maior bilheteria no ano. Em 2015, os dez principais filmes do mercado americano responderam por 35% das vendas totais, ante 25% em 2014.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir