Sem categoria

Com o tema ‘Espírito Santo, Fonte de Vida e Misericórdia’, católicos celebram a festa de Pentecostes em Manaus

A festa deve reunir 100 mil fieis - foto: Michelle Freitas

A festa deve reunir 100 mil fieis – fotos: Michelle Freitas

Com a expectativa de reunir 100 mil fieis, a Igreja Católica de Manaus comemora na tarde deste domingo (15), no sambódromo, bairro Dom Pedro, na Zona Centro-Oeste da cidade, a festa de Pentecostes, celebrando o envio do Espírito Santo sobre os discípulos, segundo a fé cristã. Os portões foram abertos às 15h e o público lota das arquibancadas do centro de convenções.

A celebração, que este ano tem como tema ‘Espírito Santo, Fonte de Vida e Misericórdia’, começou às 17h. Segundo o arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Castriani, esta é a maior festa da Igreja Católica, comemorada 50 dias após a Páscoa.

Neste ano, um dos diferenciais da festa eucarística – em alusão ao jubileu da Misericórdia, o ano santo anunciado pelo papa Francisco -, é a confissão, que não acontecia em outras edições.

Pentecostes-3

“O Espírito Santo é vida de Deus que vem para nós, vida divina; e a vida divina é misericórdia, pois Deus é misericórdia. Por isso, neste ano, oferecemos esta celebração penitencial, dando oportunidade aqueles que querem o sacramento da penitência. É muito bonito experimentar na própria vida a misericórdia de Deus”, comentou dom Sérgio.

Segundo a tradição católica, a festa de Pentecostes é uma expressão de gratidão ao Espírito Santo, que é recebido no sacramento do batismo e confirmado durante a crisma.

Como gesto concreto de misericórdia, os fieis que estão participando da festa também levaram alimentos não perecíveis para doar aos mais necessitados, pois entre os sete dons do Espírito Santo está a piedade, a misericórdia, e como disse Dom Sérgio, o gesto de misericórdia mais básico é dar pão a quem tem fome. “Trazer um quilo de alimento é algo simbólico; claro que não resolve o problema, mas se você dá um quilo de alimento aqui, você se compromete, na vida, a combater a fome e a miséria, sendo solidário e repartindo com quem não tem”, ressaltou.

O trânsito no entorno do Sambódromo, começo a ser alterado a partir das 14h, com o objetivo de ordenar o fluxo de pedestres e de veículos, para melhorar a segurança de todos. Agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) montaram um esquema especial de fiscalização e trabalham para dar maior fluidez ao tráfego.

Pentecostes-4

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir