Esportes

Com Neymar, Brasil quebra maior jejum sem indicação ao Bola de Ouro

 

 

Neymar é o sétimo brasileiro que chega entre os finalistas - foto: divulgação

Neymar é o sétimo brasileiro que chega entre os finalistas – foto: divulgação

Com Neymar entre os finalistas do Bola de Ouro, prêmio concedido pela Fifa ao melhor jogador do mundo, o Brasil quebrou um jejum de sete anos sem um atleta entre os três primeiros colocados.

A última vez que o país teve um indicado foi em 2007, quando Kaká faturou a premiação. Na oportunidade, o meio-campista vestia a camisa do Milan e venceu a disputa com Messi, do Barcelona, e Cristiano Ronaldo, que na época atuava pelo Manchester United.

O período foi o maior jejum do país desde a criação do prêmio em 1991. Nos dois primeiros anos, o Brasil não teve representantes. O país também não teve um atleta entre os três primeiros colocados em 1991, 1992, 1995 e 2001.

Neymar é o sétimo brasileiro que chega entre os finalistas. Os outros foram Romário (1993 e 1994), Ronaldo (1996, 1997, 1998, 2002 e 2003), Roberto Carlos (1997), Rivaldo (1999 e 2000), Ronaldinho (2004, 2005 e 2006) e Kaká (2007).

Ronaldo (1996, 1997 e 2002), Ronaldinho (2004 e 2005), Rivaldo (1999), Romário (1994) e Kaká (2007) faturaram o prêmio.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir