Esportes

Com menor público do ano, São Paulo vence o Botafogo com gol no fim

Diante do menor público do São Paulo no ano, a equipe do Morumbi penou para vencer a fraca equipe do Botafogo, nesta quarta (23), no Pacaembu. Depois de passar cinco jogos sem vencer, o time tricolor teve mais uma atuação questionável, frente a apenas 2.970 pagantes, e só saiu com a vitória graças a um gol salvador de Calleri aos 44 minutos do segundo tempo.

O argentino que virou sensação do time em suas duas primeiras partidas não marcava um tento há 11 partidas, desde a goleada por 4 a 0 contra o Água Santa, em 6 de fevereiro, pela segunda rodada do Paulista. Apesar de ter tido mais uma atuação apagada, o atacante marcou seu quarto gol com a camisa são-paulina depois de passe preciso de Ganso.

Apesar da mudança tática de Edgardo Bauza, que escalou três volantes e dois meias de criação atrás do atacante Calleri, o São Paulo mostrou-se, novamente, dependente de lampejos do meia, que, vez ou outra chutava ao gol em jogadas individuais. Esses eram os únicos lances que causavam qualquer emoção ao torcedor são-paulino.

O primeiro tempo foi sonolento e, na segunda etapa, o treinador são-paulino jogou o time para frente. Tirou Carlinhos, escalado como volante, para a entrada do jovem meio-campista Lucas Fernandes, destaque do time na Copa São Paulo de Juniores e, poucos minutos depois, tirou o meia Daniel para a entrada de Alan Kardec.

O time melhorou e levou perigo em algumas ocasiões, mas as jogadas ofensivas eram construídas sem organização. Triangulações e ultrapassagens eram inexistentes e não havia velocidade na troca de passes.

Depois de muita insistência, o gol do argentino salvou mais uma noite trágica para o torcedor no Pacaembu. Este foi o último jogo do São Paulo no estádio antes da volta ao Morumbi, no dia 2 de abril, contra o Oeste.

O estádio municipal não foi uma casa acolhedora para o time. Em nove jogos foram seis vitórias e três derrotas. O aproveitamento foi de 66%, mas o time passou maus bocados quando perdeu para The Strongest (BOL), São Bernardo e Palmeiras.
Com a vitória, o São Paulo chega a 17 pontos e assume a liderança do Grupo C. É a mesma pontuação do Audax, que tem saldo de gols pior.

Antes de voltar À sua verdadeira casa, a equipe tricolor desce a serra, neste domingo (27), para enfrentar o Santos, que não perde na Vila Belmiro pelo Estadual desde 2011, e o Linense, em Lins, na quarta (30). Para piorar, Ganso não poderá jogar o clássico, pois tomou um catão amarelo e foi suspenso.

SÃO PAULO

Denis; Mateus Caramelo (Kelvin), Lugano, Maicon e Bruno; Hudson, João Schmidt, Carlinhos (Lucas Fernandes), Ganso e Daniel (Alan Kardec); Calleri
T.: Edgardo Bauza

BOTAFOGO

Neneca; Daniel Borges, Caio Ruan, Mirita e Diego Pituca; Rodrigo Thiesen, Allan Dias, Carlos Alberto (Mancini) e Samuel Santos; Serginho (Diogo Campos) e Alemão (Léo Coca)
T.: Márcio Fernandes
Estádio: Pacaembu
Árbitro: Rafael Gomes Felix da Silva
Gol: Calleri, aos 44min do 2º tempo
Cartões amarelos: Bruno, Alan Kardec, Ganso, Maicon (S), Samuel Santos, Carlos Alberto, Serginho e Mirita (B)
Público: 2.970 pagantes
Renda: R$ 123.026,00

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir