Mundo

Com medo da zika, jogador irlandês de golfe desiste da Olimpíada

O irlandês informou que "embora o risco de infecção do vírus da Zika seja considerado baixo, é um risco, e é um risco não estou disposto a tomar - foto: reprodução/ Facebook

O irlandês informou que “embora o risco de infecção do vírus da Zika seja considerado baixo, é um risco, e é um risco não estou disposto a tomar – foto: reprodução/ Facebook

O atleta irlandês Rory McIlroy, um dos maiores jogadores de golfe da atualidade, informou hoje (22) que não vai participar dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que começam em 5 de agosto deste ano. A causa: a ameaça do vírus Zika.

Em um comunicado divulgado pela empresa que faz a gerência de sua carreira esportiva, ele disse que percebeu que sua saúde e da família “vem antes de qualquer outra coisa.”

O irlandês informou que “embora o risco de infecção do vírus da Zika seja considerado baixo, é um risco, e é um risco não estou disposto a tomar.”

Ao tomar conhecimento da decisão de Rory McIlroy, o Conselho Olímpico da Irlanda informou estar desapontado com a decisão do atleta, mas expressou compreensão. O órgão disse esperar que a ausência de McIlroy possa proporcionar uma oportunidade para outro jogador.

“Rory deveria ser uma das grandes estrelas do Rio 2016, mas agora [com essa decisão] dará uma oportunidade para que outro golfista irlandês assuma a chance de se tornar um atleta olímpico e participar do retorno histórico do golfe [do pais] aos Jogos Olímpicos, após uma ausência de 112 anos “, informou o Conselho Olímpico da Irlanda.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir