Dia a dia

Com materiais reaproveitados, Manaus começa a ser enfeitada para o Natal

O acendimento dessa e das outras árvores que serão instaladas pela prefeitura acontece entre os dias 12 e 13 de dezembro - foto: divulgação

O acendimento dessa e das outras árvores que serão instaladas pela prefeitura acontece entre os dias 12 e 13 de dezembro – foto: divulgação

Como acontece já há alguns anos, a decoração natalina de Manaus aposta no conceito de sustentabilidade, por isso diversos materiais recicláveis, como garrafas PET e ferro estão sendo reutilizados na produção de árvores de Natal e enfeites da época.


Segundo informações da prefeitura, pelo menos 60% do material utilizado vem do reaproveitamento da decoração natalina do ano passado e de 2013. Além de reduzir custos, a meta é estimular o reaproveitamento e conscientizar a população sobre a importância de preservar o meio ambiente.
“Na verdade, desde o primeiro ano da gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto, a sustentabilidade tem sido a palavra de ordem da ornamentação natalina, o que nos permite, a cada ano, economizar mais, sem perder, porém, a tradição de enfeitar ruas e logradouros”, destaca a secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), Goreth Garcia Ribeiro, que coordena a comissão responsável pela ornamentação, formada por representantes de várias secretarias.
Desde a semana passada, parte dos 1.300 ornatos utilizados em 2014 começou a ser instalada nos principais corredores viários. Eles tiveram 100% da estrutura de ferro reaproveitados, com substituição, em metade deles, apenas das mangueiras de iluminação. A esse total, serão acrescidos 200 ornatos novos confeccionados este ano, que começam a ser instalados nesta sexta-feira, dia 4.
A tradicional árvore do Complexo Turístico da Ponta Negra começa a ser montada na terça-feira ( 8), de acordo com o artista responsável por sua confecção, Juarez Lima. Ela terá a mesma estrutura de ferro usada em 2013 e ganhou um acréscimo no ano passado para atingir 30 metros de altura.
Para Juarez, a prática do reaproveitamento desafia o artista em sua criatividade. “Está sendo um aprendizado, uma evolução, poder reaproveitar o que fizemos e dar a esse material uma nova estética. Aprendemos, por exemplo, a pintar o festão e deixá-lo com aparência de novo. A prefeitura está de parabéns por usar o conceito de economia criativa, para gerar recursos para outras ações sustentáveis”, afirmou.

O acendimento dessa e das outras árvores que serão instaladas pela prefeitura acontece entre os dias 12 e 13 de dezembro. Além da Ponta Negra, a Bola do Produtor, o Complexo 28 de Março, o Mercado Adolpho Lisboa, a avenida Eduardo Ribeiro e o trevo da Cidade Nova foram locais escolhidos para receberem árvores de Natal este ano.
Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir