Esportes

Com gols de promessa, Fla vence Atlético-MG e volta ao G-4 do Brasileirão

Com 23 pontos, o Flamengo está em 4º lugar e volta a campo no sábado (16) - foto: reprodução

Com 23 pontos, o Flamengo está em 4º lugar e volta a campo no sábado (16) – foto: reprodução

O Flamengo se recuperou da goleada por 4 a 0 para o Corinthians. Neste domingo (10), o Rubro-negro dominou o jogo e venceu o Atlético-MG por 2 a 0 no Mané Garrincha, em Brasília. Os gols do triunfo foram marcados pela promessa Felipe Vizeu e colocaram os cariocas novamente no G-4. O complemento da rodada pode manter ou alterar a posição.

Com 23 pontos, o Flamengo está em 4º lugar e volta a campo no sábado (16), quando tem pela frente o clássico contra o Botafogo, às 16h, na Ilha do Governador. Já o Galo ocupa a 9ª colocação e soma 20 pontos. O próximo compromisso será apenas na segunda-feira (18), duelo diante do Coritiba, às 20h, no Independência.

Felipe vizeu substitui guerrero com gols e pressiona damião

O jovem Felipe Vizeu corresponde quando acionado no Flamengo. O atacante substituiu o titular Guerrero e garantiu a vitória sobre o Atlético-MG. Mais do que isso, o camisa 47 colocou pressão em Leandro Damião, contratado pela diretoria para ser o reserva direto do peruano e que já enfrenta resistência da torcida.

quem vacilou: Frickson Erazo e Victor

A dupla bateu cabeça no segundo gol do Flamengo. O zagueiro não antecipou para marcar Felipe Vizeu, enquanto o goleiro esperou a bola na pequena área. Trapalhada que decretou a derrota do Atlético-MG em Brasília.

Flamengo Domina o jogo comandado por Mancuello e Willian Arão

O time rubro-negro teve o domínio da partida no Mané Garrincha. Com boa marcação na saída de bola, os cariocas comandaram as ações através de Mancuello e Willian Arão. A dupla municiou os atacantes e foi importante para desmontar o setor defensivo do Atlético-MG. Eles participaram diretamente do primeiro gol de Felipe Vizeu, que contou com bela assistência do argentino.

Galo esbarra nas falhas e sofre para furar defesa rubro-negra

O Atlético-MG não esteve em um dia feliz. O Alvinegro errou bastante o último passe e contou com atuações pouco inspiradas dos homens de frente. Para completar, a marcação falhou quando não podia. Foi assim no segundo gol do Flamengo. O técnico Marcelo Oliveira fez três alterações, mas não obteve sucesso em mudar o rumo da partida.

Gramado ruim compromete espetáculo

O gramado assustou os torcedores presentes ao Mané Garrincha. Com marcas e cheio de terra, o campo de jogo comprometeu o espetáculo esteticamente e em qualidade. A bola quicou bem mais do que o normal e dificultou o trabalho dos jogadores.

Gerente ou auxiliar?

Sem o técnico Zé Ricardo, suspenso, o Flamengo foi comandado por Jayme de Almeida no banco de reservas. Com o auxiliar em nova função, o Rubro-negro recorreu ao gerente de futebol Mozer para cumprir o papel na área técnica ao lado do campeão da Copa do Brasil de 2013.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir