Esportes

Com gols de contestados, Corinthians vence Ponte Preta e ameniza crise

Com gols de Bruno Henrique e Guilherme, dois dos jogadores mais contestados pela torcida alvinegra, o Corinthians derrotou a Ponte Preta por 3 a 0 na manhã desta quinta-feira (26), no Itaquerão, e conseguiu amenizar a crise que rondava o clube até a terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

O clube alvinegro, que não vencia havia cinco jogos, viu torcedores organizados protestarem com pichações em muros e baterem boca com jogadores no hotel antes da derrota para o Vitória. Nesta semana, os atletas foram pressionados dentro do centro de treinamento, em conversa permitida pela diretoria.

No entanto, com algumas peças novas na equipe titular, como o zagueiro Vilson, o volante Cristian e o atacante Luciano, e um esquema tático diferente (4-2-3-1), o Corinthians voltou a jogar bem e construiu a vitória ainda na etapa inicial, com gols do zagueiro Kadu, contra, e do volante Bruno Henrique.

Na etapa final, quando o Corinthians buscou cadenciar a partida, o meia Guilherme selou o placar para com um belo chute de fora da área.

A equipe do técnico Tite conseguiu a primeira vitória na competição nacional e chegou aos quatro pontos, provisoriamente na quarta colocação. Agora, o Corinthians volta a jogar às 11h do próximo domingo (29), quando enfrentará o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife.

O jogo
Com peças novas e esquema tático diferente (passou do 4-1-4-1 para o 4-2-3-1), o Corinthians voltou a ter um bom desempenho coletivo e dominou totalmente o primeiro tempo.

A entrada do volante Cristian deu mais qualidade à saída de bola corintiana, enquanto Luciano trouxe mais mobilidade ao ataque. Assim, mesmo com a forte marcação da Ponte, o Corinthians trocou bons passes e usou muito bem as laterais do campo.

O gol contra do zagueiro Kadu, logo aos 14min, após jogada de Marquinhos Gabriel, confirmou o domínio da equipe da casa na partida.

Jogando mais avançado, como de costume, o volante Bruno Henrique ampliou o placar sete minutos depois ao pegar rebote na entrada da área e acertar um forte chute.

Com a vantagem, o time do técnico Tite buscou cadenciar o jogo na volta dos vestiários e viu a Ponte Preta criar algumas chances de gol nos primeiros minutos. Na melhor delas, o goleiro Walter fez importante defesa em chute de Thiago Galhardo.

Depois, os corintianos conseguiram equilibrar a partida e voltaram a encontrar espaços na defesa visitante. E, aos 34min, Guilherme selou a vitória com um belo gol em chute colocado de fora da área.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir