Esportes

Com gol de Neymar, Brasil vence Colômbia por 2 a 1 na Arena

No segundo tempo, Neymar desempatou e garantiu a vitória da seleção brasileira - foto: Ricardo Oliveira

No segundo tempo, Neymar desempatou e garantiu a vitória da seleção brasileira – foto: Ricardo Oliveira

Na estreia da seleção na Arena da Amazônia Vivaldo Lima e do técnico Tite à frente do time nacional em território brasileiro, a equipe verde e amarela venceu a Colômbia por 2 a 1 em duelo marcado pelo equilíbrio. Após inaugurar o placar logo no primeiro minuto de jogo com o zagueiro Miranda, o Brasil viu a Colômbia empatar em gol contra do defensor Marquinhos, ainda na etapa inicial. Na metade do segundo tempo, porém, Neymar decretou o triunfo canarinho.

O resultado colocou a seleção brasileira na vice-liderança das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia. Com 15 pontos, o time de Tite está apenas 1 ponto atrás do Uruguai. Já a Colômbia estacionou nos 13 pontos e caiu para o quarto lugar. Na próxima rodada – a nona do qualificatório – o Brasil encara a Bolívia, na Arena das Dunas, em Natal (RN), no dia 7 de outubro. Nesta mesma data, os comandados de José Pekerman visitam o Paraguai.

O jogo

Com o mesmo  time que bateu o Equador por 3 a 0 na última rodada das Eliminatórias, o Brasil entrou em campo empurrado por 36.609 torcedores e não demorou muito para abrir o placar. Após conseguir um escanteio em descida pela esquerda, Neymar se encarregou da cobrança e levantou na medida para Miranda. Esperto, o zagueiro se antecipou à defesa colombiana e apenas desviou para o fundo da rede.

Com a vantagem no placar, o Brasil passou a trocar passes no meio de campo e valorizar a posse de bola. Sem correr riscos nos 15 primeiros minutos de jogo, os comandados de Tite viam em seu setor esquerdo o ponto forte para incomodar o adversário, que sofria com as investidas de Marcelo e Neymar por aquele lado. Já a Colômbia, contava com James Rodríguez. Habilidoso e cerebral, o meia era responsável por distribuir a bola em sua equipe.

Quando o jogo parecia totalmente sob controle e após ter assustado o rival em boas finalizações de Renato Augusto e Neymar, aos 30 e 31 minutos, respectivamente, o Brasil sofreu o empate também em jogada de bola parada, aos 36. Em cobrança de falta da intermediária, James levantou na área e Marquinhos desviou contra o próprio gol, sem chances de defesa para Alisson.

Na volta dos vestiários, as equipes resolveram se arriscar mais no campo de ataque. Com a entrada de Cuadrado no lugar de Torres e tendo em James sua principal válvula de escape, os colombianos conseguiram equilibrar a partida e passaram a sofrer menos sustos. O Brasil esbarrava na falta de criatividade de seus homens de frente, problema que foi resolvido aos 19 minutos da etapa final, com a entrada de Coutinho no lugar de Willian, apagado durante todo o tempo que esteve em campo.

Dez minutos após ter pisado no gramado, o meia do Liverpool achou um belo passe para Neymar. Livre na esquerda, o camisa 10 dominou a bola, entrou na área e chutou cruzado, sem chance de defesa para Ospina. Enquanto a arquibancada da arena pulsava vibrando com o gol, o atacante do Barcelona mandou um recado enquanto comemorava: “eu estou aqui”.

O gol deu tranquilidade ao Brasil, que chegou a ter oportunidades de matar a partida em contra-ataques, com a bola sempre passando pelo pé de Coutinho, mas foi pouco eficiente nas finalizações.

Torcida amazonense dá show
A torcida amazonense deu um show no primeiro jogo do Brasil na Arena da Amazônia, realizado na noite de ontem (6), contra a Colômbia, pelas Eliminatórias da Copa de 2018. Com um público de mais de 36 mil pessoas no estádio amazonense, a equipe canarinha fez 2 a 1 contra os colombianos, garantindo a segunda colocação na tabela das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

A professora de português Ana Letícia, que é moradora do município de Tabatinga, na fronteira do Brasil com a Colômbia, percorreu 1.109 quilômetros somente para assistir os craques Neymar, Gabriel Jesus e Renato Augusto de perto.

Ela declarou que antes de vir para a capital do Amazonas ainda comeu um churrasco com os vizinhos colombianos e que mesmo com a amizade, a torcida foi totalmente verde e amarela.

“Ainda há pouco estive com meus amigos colombianos, comendo um churrasco e comemorando pelo jogo de hoje. Nós moramos muito próximos e isso facilita o fato de estreitarmos laços de amizade com eles”, declarou a professora que foi assistir ao jogo com toda a família, que reunia 13 pessoas, entre irmãos e sobrinhos.

Já o paraense Madson Freitas, veio da cidade de Santarém, no Estado vizinho, e disse que o fato do jogo da seleção ser realizado na Região Norte facilitou a logística, por conta da proximidade. Com a esposa, ele declarou que a dificuldade da realização de jogos nos Estados nortistas, o motivou a comprar as passagens e assistir ao jogo na Arena da Amazônia.

“É muito raro ter um jogo da seleção brasileira na Região Norte do nosso país, e como moramos praticamente ao lado do Amazonas, e também ter o fato das passagens para cá serem mais baratas do que para as regiões Sudeste e Sul, não tínhamos como perder esta oportunidade”, afirmou.

Torcida vip

Além da torcida que lotou as arquibancadas, também tiveram os torcedores que preferiram curtir de uma maneira diferente a partida da Seleção brasileira. E para isto, foi reservado um espaço mais do que vip na Arena da Amazônia, o camarote Villa Mix, que recebeu o show do cantor sertanejo Israel Novaes.

Por Wal Lima e André Tobias

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir