Esportes

Com dois de Neymar, Barça perde, mas vai à final da Liga dos Campeões

Com dois gols do atacante brasileiro Neymar, ainda no primeiro tempo, o Barcelona perdeu para o Bayern de Munique por 3 a 2 na tarde desta terça-feira (12), fora de casa, mas se classificou para a final da Liga dos Campeões.

Como o time catalão havia vencido o jogo de ida por 3 a 0, a derrota por apenas um gol de diferença na Allianz Arena, em Munique, foi suficiente para chegar à sua oitava final na história da competição, sendo a quarta vez em 10 anos.

Com isso, a equipe catalã volta a disputar uma final do principal torneio europeu desde 2011, quando foi campeão sobre o Manchester United. O Barcelona buscará o seu quinto título europeu.

Com dois gols em Munique, Neymar se igualou a Cristiano Ronaldo e Luiz Adriano ao chegar aos nove gols na competição, somente um atrás de Messi.

Agora, o time catalão aguarda o vencedor da outra semifinal, que será decidida nesta quarta (13), em Madri. A Juventus venceu o Real por 1 a 0 na ida. Já a final será no estádio Olímpico de Berlim no próximo dia 6 de junho.

O jogo

Mesmo com a forte marcação do Barcelona, o Bayern conseguiu ter mais posse de bola e presença ofensiva em quase todo o primeiro tempo. A troca de passes no meio de campo sempre buscavam espaços para as jogadas de infiltrações de Müller e Lewandowski.

Porém, o primeiro gol veio em outra jogada forte do time alemão: a bola parada. Aos 6min, após cobrança de escanteio, o zagueiro Benatia subiu sozinho e cabeceou firme no canto, abrindo o placar na partida. O goleiro Ter Stegen chegou a tocar na bola antes de ser vazado.

Após o gol, a equipe da casa continuou melhor na partida e pressionava os visitantes em seu campo de defesa. Porém, o Bayern voltou a cometer os mesmos erros do jogo de ida e levou a virada ainda antes do intervalo. Com a defesa atuando adiantada, o meio de campo alemão não evitou os lançamentos longos e, assim, sofreu os dois gols em passes nas costas da sua última linha defensiva.

Decisivo no primeiro jogo, Messi se destacou na criação das duas jogadas que resultaram nos gols de Neymar. Primeiro, aos 14min, o argentino deu belo lançamento para Suárez nas costas da defesa alemã. O uruguaio invadiu a área adversária e tocou para o brasileiro, sem goleiro, só chutar para o gol vazio.

Depois, aos 28min, Messi, de cabeça, deixou Suárez livre para carregar a bola até a grande área adversária. E, novamente funcionando como garçom, o camisa 9 cruzou para Neymar ajeitar a bola e chutar no canto, sem chances para o goleiro Neuer.

Nos minutos finais, o Bayern voltou a se lançar ao campo de ataque e buscou o gol de empate. Mas, em dia inspirado, o goleiro Ter Stegen fez pelo menos três grandes defesas e evitou o empate alemão.

O jogo na etapa final não teve a mesma intensidade do primeiro tempo, já que o confronto estava praticamente decidido. Naquele momento, o Bayern precisava de mais cinco gols até o apito final.

Mesmo assim, o time alemão continuou com mais posse de bola e atacou com mais frequência. E chegou ao empate com Lewandowski, que recebeu passe de Müller na entrada da área, deu bela finta em Mascherano e chutou no canto para anotar o segundo dos donos da casa.

E, na base da pressão, o Bayern ainda fez o terceiro, aos 29min. Após boa troca de passes na intermediária ofensiva, Schweinsteiger escorou para Müller chutar colocado da entrada da área e selar a vitória por 3 a 2.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir