Variedades

Com desemprego em alta, aprenda como preparar o currículo ideal

As pessoas devem inserir habilidades que demonstrem empatia e flexibilidade – Divulgação

Com as taxas de desemprego atingindo índices cada vez mais altos, conseguir uma vaga no mercado de trabalho tem sido uma tarefa difícil. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que o desemprego subiu 13,7% no primeiro trimestre deste ano. Nesse momento em que é cada vez maior a concorrência, especialistas na área de Recursos Humanos da Faculdade Estácio ressaltam a importância de ter um currículo bem elaborado, capaz de atrair os recrutadores. Esse e outros assuntos correlatos estão em pauta numa série de palestras que a instituição está promovendo este mês, com foco no mercado de trabalho.

A programação faz parte do mês da “Carreira e Currículo”, que está acontecendo em maio. Como parte das ações, nesta quinta e sexta-feira (18 e 19), será promovida a palestra “Aprenda a elaborar seu currículo”, com as professoras Paula Roberta Menezes e Cleide Alves. A palestra será às 8h30 e às 20h30. No dia 23, às 18h30, acontecerá a palestra “Como se comportar em uma entrevista de emprego”, com a professora Edcleia Silva. O mês da Carreira e Currículo encerra no dia 25, com a Blitz do Estágio, que será realizada em parceria com o Instituto Evaldo Lodi (IEL). Os alunos da Estácio serão cadastrados para receber do IEL informações sobre vagas para estágio.

A professora do curso de Recursos Humanos da Estácio, Edcléia Silva, orienta as pessoas que estão em busca de uma vaga de emprego, que preparem um bom currículo, com todas as informações necessárias em uma primeira apresentação. E que procurem inserir habilidades que demonstrem empatia e flexibilidade.

“O currículo é a primeira forma de contato da empresa com o candidato, por isso, o documento deve ser muito bem elaborado. É importante saber selecionar o que vai ser relacionado no currículo, de modo a chamar a atenção do recrutador”, frisou.

É primordial, diz ela, inserir informações verdadeiras, colocar todas as experiências profissionais, o grau de instrução (nível superior, mestrado, doutorado), uma foto 3×4 com fundo branco e a relação de cursos e palestras que já participou. “Os estudantes que estão em busca de vaga de estágio também deve ficar atentos a essas informações”, destacou.

A professora Paula Roberta reforça que, no caso dos estudantes que não possuem experiência, a dica é ressaltar trabalhos voluntários, viagens de intercâmbio, projetos acadêmicos, além de palestras e cursos.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

grupo
Subir