Dia a dia

Com bebê de um mês, mulher morre em hospital após levar 6 tiros, dentro de casa, na Zona Norte

O velório está sendo realizado em uma igreja evangélica, situada no quilômetro 8 do ramal do Brasileirinho - foto: divulgação

O velório está sendo realizado em uma igreja evangélica, situada no quilômetro 8 do ramal do Brasileirinho – foto: divulgação

A autônoma Leidiane Farias de Lima, 26, morreu no Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo, na noite dessa terça-feira (6), após ser atingida com sete tiros, dentro da própria casa e na frente do filho de apenas um mês.

O crime ocorreu por volta das 18h, na rua Apocalipse, comunidade Nossa Senhora de Fátima, bairro Novo Aleixo, na Zona Norte de Manaus.

Testemunhas relataram à polícia que dois homens não identificados chegaram à residência da vítima em uma motocicleta de placa e caraterísticas não divulgadas. Um dos suspeitos teria atirado na porta do imóvel, em seguida arrombou e entrou na casa.

Ainda conforme a polícia, o criminoso atirou várias vezes na direção da mulher, que foi atingida com sete disparos. A criança foi atingida de raspão, no braço, e foi levada para o Pronto Socorro Joãozinho, na Zona Leste, onde recebeu atendimento médico e foi liberada. Após cometer o crime, o atirador retornou para a motocicleta e fugiu com o comparsa.

A mulher também foi socorrida e levada para o HPS Platão Araújo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 18h40.

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). Os tiros atingiram o rosto e o braço da mulher.

Familiares de Leidiane informaram que desconhecem a motivação da morte da mulher. Porém, a polícia não descarta a possibilidade de o crime ser um acerto de contas, relacionado ao tráfico de drogas.

O velório está sendo realizado em uma igreja evangélica, situada no quilômetro 8 do ramal do Brasileirinho, também na Zona Leste da capital.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investigara o crime.

Por equipe EM TEMPO Online

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir