Esportes

Com 2 gols de Jadson, Corinthians vence o Santos pela 1º vez no ano

Com dois gols de Jadson, ambos depois dos 40min do segundo tempo, o Corinthians conseguiu encerrar o jejum de vitórias sobre o Santos e venceu o clássico por 2 a 0, na manhã deste domingo (20), no Itaquerão, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, os comandados de Tite conseguiram vencer a equipe da Vila Belmiro pela primeira vez no ano. Antes, haviam sido três derrotas e um empate, contando a eliminação na Copa do Brasil. Além disso, os corintianos se recuperaram em clássicos, já que eram nove confrontos sem ganhar, sendo cinco derrotas e quatro empates na temporada.

A vitória fez o Corinthians chegar aos 57 pontos e abrir oito de vantagem para o vice-líder Atlético-MG, que ainda joga neste domingo – enfrenta o Flamengo. Já o Santos ficou mais distante do G4 ao continuar com os mesmos 40, no oitavo lugar.

Apesar do placar, o jogo foi equilibrado. O Corinthians dominou o primeiro tempo e, se não fosse o goleiro Vanderlei, poderia ter conseguido uma goleada antes do intervalo. Já na etapa final, quando o calor já era muito forte, o Santos conseguiu reequilibrar as ações e só levou os dois gols nos minutos finais.

O primeiro, apesar da reclamação dos santistas, aconteceu em um pênalti claro de Zeca em Vagner Love. Jadson cobrou e fez 1 a 0. No segundo, Lucca, que fez a sua estreia pelo time da casa, armou jogada que terminou com o camisa 10, selando a vitória corintiana.

O JOGO

O primeiro tempo foi dominado totalmente pelo Corinthians. Se não fosse a excelente atuação do goleiro Vanderlei, o time da casa poderia ter ido para os vestiários com um placar elástico. O camisa 1 santista evitou, ao menos, três gols certos do adversário em dois chutes de Vagner Love e um de Jadson.

Com mais posse de bola e presença ofensiva, o time corintiano conseguiu pressionar os visitantes desde o começo do jogo e teve em Jadson e Renato Augusto os seus principais nomes na partida. Ambos participaram bastante da criação das jogadas pelos lados do campo.

Já o Santos, recuado, teve muitas dificuldades de sair do seu campo de defesa por causa da forte marcação adversária. A equipe da Vila Belmiro sentiu a ausência de Geuvânio e não conseguiu encaixar nem a sua principal jogada: os rápidos contra-ataques com Lucas Lima e Gabriel.

Mesmo assim, nos acréscimos da etapa inicial, os santistas quase conseguiram abrir o placar em raro ataque, mas o goleiro Cássio evitou o gol de Lucas Lima.

Por causa do forte calor, o jogo caiu muito de ritmo no segundo tempo. Os dois times não conseguiam mais impor velocidade nos contra-ataques e buscavam apenas chegar ao campo de ataque trocando passes de forma cadenciada. E, com este cenário, o Santos foi melhor.

Mas, as melhores chances da vitória antes do apito final foram do Corinthians. Primeiro, aos 16min, após cobrança de falta ensaiada, Jadson passou para Renato Augusto, que chutou de bate-pronto e acertou a trave esquerda santista.

Depois, já aos 37min, após contra-ataque puxado por Lucca, que fez a sua estreia pelo Corinthians, Vagner Love foi derrubado na grande área por Zeca e o auxiliar marcou corretamente a penalidade. Jadson cobrou e fez 1 a 0.
Após o pênalti, a arbitragem confundiu-se e expulsou o zagueiro David Braz em vez de Zeca, o que só fez aumentar as reclamações do time santista em relação ao juiz Flavio Rodrigues Guerra.

O recém-contratado Lucca foi importante também no segundo gol dos corintianos. Aos 43min, ele armou novo contragolpe para Elias cruzar para Jadson anotar o seu 11º gol na competição nacional e selar a vitória dos donos da casa.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir