Esportes

COI anuncia punição a três boxeadores por apostas nos Jogos Olímpicos do Rio

Vladimir Nikitin e Michael Conlan duelaram nos Jogos Olímpicos Rio 2016 - foto: Agência Brasil

Vladimir Nikitin e Michael Conlan duelaram nos Jogos Olímpicos Rio 2016 – foto: divulgação

O COI (Comitê Olímpico Internacional) anunciou nesta quarta-feira (28) punições aos boxeadores Michael Conlan (até 56 kg), Steve Donnelly (até 69 kg) -ambos da Irlanda- e Antony Fowler (até 75 kg), da Grã-Bretanha, por terem feito apostas em disputas de boxe dos Jogos Olímpicos do Rio.

Estas são as primeiras punições do comitê com base no novo código de prevenção à manipulação de resultados, implementado pelo COI nos Jogos do Rio. Segundo o regulamento, os atletas estão proibidos de fazer apostas nas competições que disputa, no esporte que pratica ou em grandes eventos esportivos dos quais faz parte.

Como, segundo a entidade, não houve intenção de manipular resultados de qualquer evento, os três boxeadores receberam apenas uma ‘reprimenda severa’ do comitê e terão de participar de programas educacionais do COI para poderem disputar os Jogos de Tóquio-2020.

Os comitês olímpicos da Irlanda e da Grã-Bretanha também foram repreendidos por não terem informado de maneira correta a seus atletas o novo regulamento do COI.

Michael Conlan, um dos punidos, ganhou notoriedade durante os Jogos ao mostrar os dois dedos médios para os juízes após perder sua luta contra o russo Vladimir Nikitin. Mais tarde, ele insinuou em uma rede social que Valdimir Putin teria comprado os árbitros.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir