Sem categoria

Clubes Amazonenses conhecem adversários da Série D

Nacional e Princesa será os representantes amazonenses na Série D – foto: Arquivo EM TEMPO

Nacional e Princesa será os representantes amazonenses na Série D – foto: Arquivo EM TEMPO

No final da tarde de ontem (13), Nacional e Princesa do Solimões conheceram seus adversários na Série D do Campeonato Brasileiro. Os representantes do Amazonas na competição nacional vão iniciar a caminhada rumo ao tão sonhado acesso para a Série C no dia 12 de junho.

O Leão da Vila Municipal estreia fora de casa. Os comandados do técnico Vagner Benazzi viajarão até Porto Velho (RO) para enfrentar o Genus, no estádio Aluísio Ferreira. Já o Princesa do Solimões, vai receber o Baré-RR no Gilbertão, em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus).

Campeão amazonense de 2015, o Nacional caiu no grupo A1 da competição, ao lado de Genus-RO, Atlético-AC e Trem-AP. Após a estreia na capital rondoniense, o Leão fará duas partidas seguidas em Manaus.

Outro representante do Estado, o Princesa do Solimões ficou no grupo A2, que tem São Francisco-PA, Baré-RR e Palmas-TO. Vale lembrar que o adversário de Tocantins seria o Interporto, porém, o presidente do time, Hélio Freitas, alegando falta de patrocínio, desistiu oficialmente de disputar a competição.

“Depois que ficamos sabendo dos três times, nós vimos que poderíamos ter vida mais fácil. O São Francisco é um time muito forte no Pará. O Baré é o atual campeão em Roraima, hoje eles estão com 70% de atletas de Manaus, alguns com passagens até pelo Princesa. Já o palmas é um time desconhecido nosso. Em relação a região Norte, Tocantins não tem muita tradição, mas não podemos subestimar”, disse Rone Barbosa, colaborador do Princesa do Solimões.

De acordo com o dirigente, o técnico Zé Marco já está em Manaus para iniciar os trabalhos na próxima segunda-feira (16). As dificuldades financeiras serão um empecilho e, por isso, o elenco para a competição nacional será enxuto.

“Quem quer chegar tem que respeitar. Nossa meta é manter nosso ritmo de vitórias em casa, e fora buscar empates. Na segunda, 18 atletas vão começar o trabalho. Vamos ficar com 22 jogadores e completar os treinos com o pessoal da base. Estamos focados e otimistas. Temos um bom time, que na mão do Zé Marco acredito que faremos um bom papel”, afirmou Barbosa, que aproveitou para anunciar a contratação do “coringa” Deurick para a Série D.

Fórmula

O campeonato será disputado em seis fases: na primeira, os 68 clubes formarão 17 grupos de quatro clubes cada. 32 clubes passam para a fase seguinte: os primeiros colocados de cada chave e mais os 15 melhores segundos colocados. Daí em diante os clubes se enfrentarão no sistema eliminatório (“mata-mata”) até ser conhecido o campeão.

 

Por Thiago Fernando e André Tobias

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir