Esportes

Clubes amazonenses apostam em ex-jogadores como técnicos

tecnicos-amazonenses-reprod

Benazzi, João Carlos Cavalo, Igor Cearense e Zé Marco são ex-jogadores que atuarão como técnicos no AM – foto: reprodução

A pouco mais de um mês para o início da disputa do Campeonato Amazonense 2016, as equipes começam a traçar o planejamento para a competição. Das sete equipes confirmadas no certame, cinco já definiram seus técnicos e o início da pré-temporada. Chama a atenção o fato de todos serem ex-jogadores, 80%, inclusive, com passagens por clubes do futebol local.

No Nacional, o comando é de Vagner Benazzi. Contratado pela diretoria azulina após o fracasso de Heriberto da Cunha na Copa do Brasil – o Leão da Vila Municipal caiu na primeira fase para o Dom Bosco-MT –, o paulista, de 62 anos, será o responsável por conduzir o time leonino durante o Barezão. A permanência para o Estadual, porém, vai depender do desempenho dele durante a Série D do Campeonato Brasileiro, competição apontada como prioridade pelo clube. Mas a tendência é que ele inicia a competição à frente do “Mais Querido”.

Como jogador, Benazzi atuou nas décadas de 70 e 80. No currículo, ele acumula passagens por clubes como Operário-MS, Portuguesa-SP, Sampaio Corrêa-MA, Juventude-RS, XV de Jaú-SP, Comercial-SP, Palmeiras-SP, São José-SP, Paulista-SP, Taquaratinga-SP, Botafogo-PB, São Carlos-SP e Sãocarlense–SP, sua última equipe na carreira de atleta e a primeira
como treinador.

Aos 35 anos, Zé Marco é o técnico mais novo do Barezão. À frente do Princesa do Solimões desde 2015, ele também é aquele com mais tempo no comando de uma das equipes que disputarão o Estadual. Vice-campeão amazonense com o Tubarão do Norte ano passado, ele busca seu primeiro título como treinador.

Dentro das quatro linhas, o ex-volante vestiu a camisa do Pinheiros-RO, Rio Branco-AC, Campinense-PB, Penapolense–SP, Capivariano-SP e Atlético-AC. Mais do que isso: no Amazonas, Zé Marco defendeu as cores do Rio Negro, Grêmio Coariense, Fast e Nacional.

Amazonense de Lábrea, João Carlos Cavalo vai para o seu segundo Barezão consecutivo dirigindo o Fast. No ano passado, o comandante chegou para o lugar de Ney Júnior durante a competição e levou o Rolo Compressor até as semifinais do Estadual. Aos 49 anos, ele volta ao clube após passagem sem brilho pelo Rio Branco-AC, no primeiro semestre.

Como jogador, Cavalo atuou pelo Matsubara-PR, Atlético–PR, FC Tokyo-JAP, Ituano-SP, Ypiranga-RS, Sãocarlense-SP, Joinville-SC, Blumenau-SC e Yverdon-SUI. Dentro do Estado em que nasceu, o comandante jogou com as camisas de Rio Negro, São Raimundo e Nacional.

Debutantes

No São Raimundo, o escolhido para dirigir a equipe no Campeonato Amazonense deste ano foi Alberone. O ex-volante teve sua primeira experiência como treinador ano passado, quando comandou o Nacional Borbense durante a Copa Amazonas. Pesou em seu favor o fato de já ter trabalhado com o diretor de futebol do Tufão, Mário Ivan, no time do interior ano passado.

Como atleta de futebol profissional, Alberone atuou no Internacional-RS, Brasil-RS, Veranópolis-RS, Bandeirante–SP, Portuguesa Santista-SP, Nacional-PB, José Bonifácio-SP. No Amazonas, ele vestiu as camisas de Grêmio Coariense, Rio Negro, Nacional, América, São Raimundo e Nacional Borbense.

No Manaus FC, o comandante será Igor Cearense. Assim como Alberone, ele conta com o apoio da presidente do clube, Patrícia Serudo, com quem trabalhou no Penarol quando a mesma dirigia o time itacoatiarense. O ex-meia iniciou sua carreira como técnico de futebol profissional ano passado, durante a Copa Amazonas.

O histórico de Igor como jogador é longo. Ele passou por Rio Branco-SP, Figueirense-SC, Flamengo-RJ, Juventude–RS, Coritiba-PR, Fortaleza-CE, Náutico-PE, CRB-AL, Marcílio Dias-SC, Treze-PB, Tigres do Brasil-RJ e União Barbarense–SP. No futebol amazonense, ele atuou por Nacional e Penarol.

O Campeonato Amazonense começa no dia 20 de agosto. O jogo de abertura será entre Fast e Manaus FC, às 16h, no estádio Ismael Benigno, a Colina.

Por André Tobias

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir